domingo, 22 de setembro de 2013

As noites em que ele não dormiu

No início do nosso namoro descobri que senhor meu marido, namorado na altura, nunca tinha bebido Mazagran, uma bebida que eu adorava e que fazia com muita frequência.

Vai daí, numa tarde de Verão propícia, resolvi iniciá-lo no consumo do belo refresco. Deitei mãos à obra e preparei a bebida, com 10 cafés fortes, sumo de limão e açúcar, o que encheu um jarro grande. Dei-lhe a provar e, como já esperava, ele adorou.

Deixei o jarro na cozinha para nos irmos abastecendo e fomos ver séries. As horas foram passando e ele volta e meia ia à cozinha re-encher o copo. Eu nem fui pensando muito no assunto, e só quando voltei à cozinha me apercebi que a lontra tinha consumido todo o jarro. T-O-D-O. Ou seja, TODOS os 10 cafés bem fortes que lá estavam dentro. Pensei, cala-te boca, não lhe disseste o que lá estava, põe-te mansa que até pode ser que ele nem dê conta...

Pois não, na hora de deitar o homem estava eléctrico, até a voz estava uns decibéis acima "EPÁ, EU NÃO SEI BEM O QUE SE PASSA COMIGO, NÃO TENHO SONO, SINTO AS PÁLPEBRAS A TREMER, OLHA AS MINHAS MÃOS TODAS A TREMEREM, TU TÁS A VER, OLHA PARA ISTO, TOU CHEIO DE ENERGIA, BORA LÁ MAIS TELEVISÃO U-HUUUU!!!!!" e não se calava e com isto já era de madrugada e o homem com um speed que não se aguentava. Até que decidi confessar que tinha posto 10 cafés no refresco "TU O QUÊEEEE???!!" "Eu sabia lá que ias virar o jarro todo em duas horas, aquilo era suposto dar para o fim de semana todo...

Bem, fui-me deitar. E o homem não. Ficou na sala, cheio de tremeliques, comichões e reacções afins devido ao pouco sangue que circulava na sua cafeína. Ao outro dia fui dar com ele no escritório a matar-se a fazer ginástica. Homem do fitness que é, resolveu fazer flexões até cair para o lado. Com um ar desgraçado de dar dó, olhos inchados, já com menos tremores, mas sono nem vê-lo. A noite seguinte também não foi passada com muito descanso, mas 2 dias depois estava fino. E em forma. Graças a mim!

1 comentário: