quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Bora lá ser felizes

Fiz há pouco tempo uma formação sobre "Conciliação da vida profissional com a vida pessoal". Achava eu que ia de lá sair com uma fórmula milagrosa que, no mínimo, ia fazer com que fosse possível passar mais do que duas horas diárias com os meus filhos depois do trabalho.

Não, basicamente o que nos ensinaram foi a gerir o stress causado pelo facto de, entre outras coisas, só conseguirmos passar duas horas por dia com os nossos filhos depois do trabalho.

E o que retive eu da dita formação? Ora, por cada pensamento negativo devemos ter três positivos. Oi? Deixa cá ver.

Estou a ver as notícias. Troika. OK, saem três pensamentos positivos depressa!! Hum, amor, passarinhos fofinhos a cantar, filhos. Pronto! Mas o mais novo está carregado de tosse. Ui, mais três positivos: hum... lasanha, hum... roupa nova, sapatos. Pronto! Mas estou em contenção de despesas! Ai, porra, agora preciso de mais três AAARRGGH. Errr... Errr... Vou voltar ao ginásio, ... ... ando bem das minhas alergias, ... ... estou quase a fazer anos!! Ufa! Já tá! Epá, mas antes disso tenho de tratar da festa de anos do Máivelho. OPÁ DESISTO!! Fico mais stressada com a gestão do stress do que com o stress propriamente dito. 

1 comentário:

  1. pensamentos que te possam fazer feliz ou pelo menos rir:
    - pensa em 3 tipos de traques;
    - das náuseas que podes causar com o cheiro.
    é o suficiente...

    ResponderEliminar