quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Eu atraio maluquinhos #4

No barco. 
Eu sentada, montes de lugares vagos à volta. Para cima de algumas dezenas.

Senhor velhote entra, olha em volta, mira os 87 lugares vagos e pede para eu retirar a minha mala que estava a ocupar a cadeira ao meu lado. Queria sentar-se mesmo ao pé de mim. Iríamos encostadinhos, portanto.

Calo-me bem caladinha, uma vez que não posso, como é óbvio, ocupar um lugar com a mala, e deixo-o sentar-se. E efectivamente, sinto o braço dele a encostar-se ao meu. Blagh, ca nojo, não estou mesmo para isto. E, vai daí, mudo-me para o lugar a seguir ao meu, e ponho a mala no meio, entre mim e o senhor.

Senhor fofinho não gostou,
- Olhe lá, eu cheiro mal, é?
- Está a falar comigo?
- Não estou a ver aqui mais ninguém.
- Pois não, porque não está aqui mais ninguém. E por isso não percebo por que o senhor tinha de se sentar precisamente colado a mim.
- Para você aprender a não pôr a mala no banco. Isto aqui não há lugares marcados, sabia?
- Eu não estava a marcar o lugar, o barco a esta hora costuma ir com imensos lugares vagos, nunca vai ninguém ao meu lado, por isso ponho a mala.
- Espertinha, não é? Mas eu já cá ando há muitos anos! E aqui não há lugares marcados.
- Ok, prometo que nunca mais vou fazer isso (Não sem alguma ironia. Coisa pouca.)
- Faz bem. Agora tire a mala daqui do meio.

Isto podia ter durado todos os 25 minutos da viagem Montijo-Cais do Sodré. Mas eu tinha um livro para ler. Levantei-me, virei as costas ao homem e fui-me sentar noutro lado.

Isto só a mim.

4 comentários:

  1. gosto muito destes teus posts... são os favoritos a par daqueles em que fazes maldades ao teu santo marido...
    mas sim eu acho que atrais maluquinhos...

    ResponderEliminar
  2. quando te mudaste puseste a mala no banco ou no colo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No banco ao lado, claro. A sorte foi que o homem não viu, senão lá vinha ele outra vez...

      Eliminar
  3. eu acho que com estas tuas coisas, estás a criar um exercito de pessoas que vão começar a implicar com outras só para o gozo... não me chame eu 'maria antonieta' se não vou implicar com as fulanas que colocam as malas nas cadeiras e transportes :D

    ResponderEliminar