sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Doçura ou travessura é mas é o catano!

Confesso que tinha vontade de mudar o catano do título para car€&ho, mas a mãezinha depois ralhava comigo e eu tenciono pedir-lhe para fazer feijoada este fim-de-semana, ergo preciso de estar nas suas boas graças.

Então por que estás tão irritada esta manhã, Boneca Maria de Deus? Tu que costumas ser um doce, que não te queixas de nada, que bicho te mordeu?

O bicho do Halloween e a raça dos putos que andaram ontem à noite a tocar às campainhas a pedir doces, isso é que me mordeu! Chusmas de crianças ranhosas mascaradas a chatear a malta numa quinta à noite quando o que eu queria era enfiar os miúdos na cama e sossego! Primeiro encheram-me as escadas do prédio de penas (?!), e tudo muito bonito enquanto apareceram às 8 da noite. Aliás, foi engraçado ver o Máivelho todo corado a distribuir doces a umas bruxinhas todas giraças. Agora quando vêm marmanjos maiores do que eu (eu sei que para me ultrapassarem em altura basta terem 9 anos, mas isso agora não vem ao caso), já depois de eu ter deitado os miúdos, tocar-me à campainha às 10 da noite, o caso muda de figura. Já abri a porta a espumar e com vontade de distribuir chapadões e calduços e mandá-los para um sítio que eu cá sei onde o sol não brilha. E estes tocaram e fugiram, ou seja, já estávamos a entrar na estupidez gratuita. E não se queiram meter com uma mãe que andou a semana toda a acordar às 6 da manhã para fazer a porcaria de um curso Excel e que àquela hora, depois de uma aula de 1 hora de Power Jump e dos banhos e dos jantares e dos xixis, já só vê a cama e o edredão.

Portanto dei uma de sopeira e fui berrar com os putos à janela, nem me lembro bem o que lhes disse, mas terá envolvido a certa altura algo como parto-vos os dentes e atiço-vos Senhor meu marido que é grande e forte e maior do que os vossos paizinhos que deviam era ter-vos dado umas nalgadas e trancado nos vossos quartos para não andarem na rua a esta hora em semana de escola, váláver juízo nessas cabeçorras ensebadas!

Não sei se já disse, mas odeio o Halloween ainda mais do que o Carnaval.

8 comentários:

  1. "Não sei se já disse, mas odeio o Halloween ainda mais do que o Carnaval."

    Amen!

    Gosto muito muito do teu blog. Apareci aqui por acaso ontem à tarde e à noite, quando cheguei a casa, li de uma assentada todos os posts. O meu namorado até veio ver se me estava a dar uma coisinha má, de tanta gargalhada que dei.
    Definitivamente é para seguir. Revejo-me em muita coisa que dizes (apesar de ser um pouco mais nova e ainda não ter filhos). Obrigada por alegrares os nossos dias.

    Um grande beijinho,
    Isabel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isabel, obrigadaaaa! Fico feliz que as minhas parvoíces não me animem só a mim :)

      Eliminar
  2. Oh Boneca... tu sabes o que eu fiz no ano passado, sabes, sabes???
    Eu estou a morar no interior agora, mas não sou de cá e em Lisboa não há cá "bolinhos bolinhos em honra de todos os santinhos" (ou pelo menos onde os meus pais moram - e onde eu morava antes de vir para cá - há o bendito do sossego, que é um espectaculo), vai dai bateram à porta... estava lá a familia toda (a minha, dentro de casa, no quentinho) e do lado de fora, num frio de cortar à faca estavam 3 putos com um chapéu de bruxa na cabeça, que mal conseguiam falar, tal era o fresquinho.
    Vai daí e eles dizem a ladaínha toda e oiço a minha avó perguntar: "a minha carteira?" (porque os miudos querem trocos, querem cá saber dos bolinhos para alguma coisa que seja...), e eu digo: "está mal, vocês não sabem a música" e eles ficam atónitos a alhar para mim, e pergunto eu "mas afinal, vocês querem bolos ou dinheiro?", e o mais espertalhuço diz: "dinheiro" e então começo eu: "então é, dinheirinhos dinheirinhos em honra de todos os santinhos". Vai uma miuda e diz que está mal, que eu não honro deus e que é "bolinhos".
    Olha, fui buscar uns bolinhos (comprados para o efeito) e distrui, e os putos ficaram a olhar, até que um (o mais pequenito) diz, muito muito baixinho, quase sem se ouvir: "dinheirinhos dinheirinhos em honra de todos os santinhos" e eu dei-lhe uma moeda e disse: "como tu disseste bem a música, levas a moeda, os teus amigos só querem bolinhos, portanto não há moedas para ninguém" e fechei a porta...
    A minha mãe desatou-se a rir, a minha avó ficou em choque... mas eu só dei o que me pediram, certo???
    (Por acaso gostava de saber se continuaram com a cantilena dos bolinhos ou dos dinheirinhos... verdade é que nunca mais me bateram à porta!)

    ResponderEliminar
  3. Oh Bonequita, porque é que cada vez que venho à tua casinha, aparece aqui uma cena a dizer que "uma ameaça foi detectada", com um rectangulo vermelho no canto inferior esquerdo???
    Tu não me ameaces, oh Bonequita "Valha-me" Deus!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OHVALHAMEDEUS não faço ideia o que seja isso, nunca tal me aconteceu e olha que já abri o site de vários browsers... E nunca ninguém se queixou. Serão as tuas configurações de segurança? Do tipo "este blogue é demasiado parvo para se abrir num sítio sério"?

      Eliminar
    2. Pois não sei, mas só aparece no teu blog, oh Bonequita!
      Vá, não há-de ser nada, até porque trabalha cá um informático e o rapazito tem de trabalhar se acontecer alguma coisa, não é?
      A modos que tem de justificar o ordenado que ganha, o rapazito, não é? Eu acho que é, e o meu achar tem muita graça! ;)

      Eliminar
    3. :( já fiz por aqui uma piquena sondagem e nunca tal se passou, mas eu também só conheço gente chunga, sem anti-vírus e cenas. :p

      Eliminar
    4. No di casa, apareci o mesmo, looool (raio do avast tem a mania que é gente! :P )
      Gente chunga? Oh Bonequita, a maneira como as coisas estão.... há lá trocos par a um anti-virus gratuito, pah...

      Eliminar