segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Comunicado à população em geral ou então só a meia dúzia de gatos-pingados em particular

Por motivos profissionais, vi-me forçada a começar a escrever com o novo acordo ortográfico. Bem sei, tenho a mania que sou mázona e neste post aqui disse que quem manda aqui no barraco sou eu e o diabo a sete e agora venho incorporar o rabo entre as pernas (Já disse que odeio o verbo meter, não já? Quem não sabe, é ir a este post aqui).

Ora acontece que, se tenho de escrever profissionalmente com as "novas palavras", pode dar-se o caso de aqui aparecerem as ditas também. Vergastar-me-ei violentamente e sem pudores por esse facto. E sim, é facto, não é fato, grandes totós. Nem impato. Nem cagado (quer-se dizer, se for numa fralda lá de casa é, mas o bicho é que continua a levar com o acento em cima). Eu sou assumidamente contra o acordo, mas também não me sirvo de subterfúgios palermas para o boicotar. Utilizo exemplos reais e inteligentes.

PortantoS (palavra nova que deve estar quase quase a aparecer com o novo acordo), se aqui aparecer uma valente salganhada a início, é de não estranhar. Se aparecer tudo certinho com o novo acordo, desculpai, pessoas. Tudo na mesma é que não vai com certeza ficar. Cá beijinho.

Sem comentários:

Enviar um comentário