sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Conversas conjugais matinais

E como hoje é dia de S. Valentim, partilho uma conversa conjugal matinal, que é de manhã que o romantismo lá em casa está ao rubro. Ou então é a parvoíce que está ao rubro, agora não me lembro bem. Ah não, esperem, isso está ao rubro o dia todo.

(Cagaçal descomunal do despertador às 7h)
Senhor meu Marido dá-lhe um porradão e vira-se para o outro lado. Boneca Maria de Deus levanta-se e começa a despachar-se.
(Segundo toque do despertador, segundo porradão às 7h15)
BMD já despachada desce as escadas e ouve o homem a levantar-se. 
Às 7h45 ainda um grande silêncio no andar de cima...
-Homem!! HOOMEM!!
- Hã? Oi? Hum???
- Levanta-te pá!
(Voz de quem estava ferrado a dormir)
- Já me levantei!
- Então levanta-te outra vez!
- Tá frio! Já me levantei e deitei-me outra vez!
- A ideia é ficares levantado, não voltares para a cama, temos os miúdos para despachar, são quase 8 horas.
- Isso são muitas palavras juntas.

Está bom de se ver que fui eu que fiz tudo em casa nesta manhã, porque sua Excelência tinha frio.

1 comentário:

  1. Ai, o que me espera num futuro próximo, hihihihhi...

    ResponderEliminar