terça-feira, 11 de março de 2014

Escorpiões mái lindos de sua Boneca!

E lá foram as mesmas três malucas de há 20 anos (Ainda não conhece a história?! Booom, é a última vez que ponho aqui o link, sim?). Efetivamente as prioridades são outras: fomos enfardar pizza primeiro e entrámos no Meo Arena 3 minutos antes de os velhadas, quer dizer, os Scorpionzinhos mái fofos de sua Boneca, terem dado os primeiros acordes. Desta vez, não desatámos aos gritos que nem histéricas, nem a chorar. Quer dizer, duas horas depois e de lentes de contacto, chorei, já não estou habituada a sítios fechados com fumo, bendita lei do tabaco. 

Os dinossauros, quer dizer, os Scorpions mái quiduchos de sua Boneca, estão para as curvas, foi um belo espetáculo, foi sim senhor. E viram-se as diferenças entre um concerto atual e um de uma banda que começou em ... 1965 ohvalhamedeus. Uma boa parte da malta nas bancadas não estava cá aos pulos e aos berros, não que isso cansa. Estavam sentaditos "sugaditos" a apreciar o espetáculo. E mesmo na plateia, onde nós estávamos, era tudo com calminha para não fraturar nem desconjuntar nenhum ossinho. Pular sim, mas durante 8 segundos no máximo. Gritar sim, mas com um certo recato. Ainda ensaiei o "OH KLAUS FAZ-ME UM FILHO" de antigamente, mas tive de suster o vómito porque me lembrei que o homem deve ter perto de 70 anos e isso já não é só nojento, mas livre trânsito para a nut house. Ah, e não me lembro de ter achado nenhum outro concerto deles barulhento, o que também diz muito sobre a minha idade avançada para estas maluqueiras. Na parte final, já naquela do "deixa cá avacalhar tudo a que tenho direito, porque ninguém garante que os homens vivam tempo suficiente para dar outro concerto e nunca mais os vês", corri na direção de um outro amigo que entretanto tínhamos encontrado (sim, aquilo estava tão pacífico que encontrámos amigos no meio da plateia) para mais três ou quatro pulos e oléoléoléolé e ele grita "OLHA OS TEUS JOELHOS PÁ!" E pronto, eu que estava a pensar fazer um moche e um pequeno crowd surfing desisti, o menino cortou o meu barato. Além de ter feito uns corninhos numa foto, como se vê abaixo. E de ter admitido ler o meu blogue em segredo, para não ser apelidado de mariquinhas. Olha, pá, fica sabendo que só quem é muito resolvido na sua masculinidade é que lê o blogue da Boneca, não é verdade, homens que me leem?

Pormenor a reter: as pessoas (vulgo, homens) bebem muita cerveja em concertos. Se fosse eu mais a minha bexiga hiperativa passava os concertos inteirinhos na casa de banho. 

Gostei muito, em suma, jurámos ir a todos os concertos deles até eles morrerem, o que parece estúpido, mas eu acho uma homenagem fofinha. Por último, uma palavra de apreço ao S. Pedro (com o qual tenho uma relação algo atribulada, como descrito neste post aqui), que nos enviou uma noite digna de primavera. Cá beijinho e ROCK ON!!!




2 comentários:

  1. Ok!!! eu leio os teus post's. Assim está melhor? ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso!! Assume, sai do armário da blogosfera. Aposto que te sentes mais aliviado ;) Beijo grande!

      Eliminar