quarta-feira, 28 de maio de 2014

ROOOOONC

5h48 e eu acordo com um barulho ensurdecedor e absolutamente assustador. Uma espécie de grito desesperado, que me gelou até à alma. Dei um salto de meio metro, arreei com a cabeça na parede (desvantagem de não ter cabeceira de cama), processo o facto de o homem - desgraçado - já ter saído para trabalhar e olho para a câmara do intercomunicador. O Máinovo dorme a sono solto, de cabeça para baixo na cama como de costume. Corro para o quarto do Máivelho e lá está ele, de boca aberta, todo enrolado nos lençóis, ou seja, normal.

Pronto, sonhei, mas caramba foi mesmo real. Eis que, quando me deito de novo, uma vez mais oiço o barulho aterrador: ROOOOOONC. Pormenor: desta vez foi fácil localizá-lo, visto que estava acordada. Pois que vinha da minha barriga. Agora pergunto eu: haverá forma mais estúpida de acordar? A sério, alguém me diga. Com um ronco da própria barriga? Bom, a modos que a decisão se prendia agora com descer ou não as escadas para ir comer. Não. Dá muito trabalho. ROOOOONNC. Bem sei, estou cheia de fome, mas tenho mais sono ainda. Se adormecer a fome passa. ROOOONC. Já sei, vou contar carneiros. Carneiros se calhar não porque posso pensar em costeletas e isso não ajuda. Vou contar pincéis de maquilhagem. Isso. 

6h45. Um grito ensurdecedor perscruta toda a casa. Mas outra vez?! Não, não vou ceder. Tenho sono. De novo um grito. MÃAAAAAAEEEEEE!!!! Catano. Não há sossego nesta casa de manhã. Levantei-me e nem tentei perceber o que ele queria. Agarrei no puto e fui comer quiche de chouriço, que - em não havendo costeletas - era o que havia mais à mão. A outra criança, alheada de toda a rebaldaria, continuou a ter direito a dormir até às 8h15, como de costume, o sortudo.

Disfuncionalidade em toda a sua plenitude.

2 comentários:

  1. só estou a escrever por pena... por não teres mais nenhum comentário...
    se soubessem o barulho que a tua barriga XXXXXL faz, eras contratada para um filme de terror...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adoooooro que tenham pena de mim e mais da minha barriga XXXXL.

      Eliminar