sexta-feira, 4 de julho de 2014

Conversas parvas comócatano #8

(Contexto: uns copitos de sangria ao almoço. Local: chat do Gmail)

me:  OLEOLEOLEOLE

compadre:  oleo? oleo?
me:  é difícil beber contigo não colaboras
compadre:  eu bebo
me:  mas estás a refrear o meu cancioneiro
compadre:  eu tinha de beber mais para te acompanhar na euforia
me:  desde que eu não pague. cheira-me que mamas 2 jarros e ainda assim ficas fino
compadre: ao segundo já começo a cambalear
me:  cambalear é panisga. cantar OLEOLEOLE é giro!

Sem comentários:

Enviar um comentário