segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Dos 38

Começo o presente texto com um disclaimer: não sou nada hipocondríaca, mas sou muito dada a interpretações de sinais, de pequenas coisas e pormenores que me acontecem no dia a dia e que me parecem premonitórios, ou parvoeiras que se passam nos meus sonhos e que me deixam a matutar como se de facto tivessem sido reais. 

Sucede que ultimamente tenho tido um sonho recorrente em que morro aos 38 anos. Ora, assim sendo, hoje é dia 22 de setembro, a menina faz anos dia 22 de novembro, tudo acaba em "embro", noves fora nada, 6% do PIB e eu conto esticar o pernil daqui a dois meses.

(Mãezinha, tu sai daqui, que isto é impróprio para o teu coraçãozinho)

Vai daí, pus-me a pensar: Boneca Maria de Deus, filhota, tens dois meses para soltar a franga! E não é que não me veio à cabeça assim nada de extraordinário para fazer?! Quer dizer, veio, mas sou uma senhora de respeito (O QUE É QUE FOI?! ESTÃO A RIR-SE DE QUÊ?!) e não vou agora aqui confessar os meus desejos mais pecaminosos, nem dizer que envolvem pães de Deus da Padaria Portuguesa.

Bom, mas quero eu dizer com isto que até tive uma vidinha bem regalada - e oh para mim a falar no passado, que até estou a ficar arrepiada - não tendo ficado nada de muito escabroso por fazer. Claro que há sempre imensas coisas que não levamos desta vida, mas assim de repente, sem pensar muito, não me ocorre mesmo nada. O que, por si, é deprimente. E então vai daí, estou para aqui deprimida, porque vou morrer daqui a 2 meses, está a trovejar (será que isto é sinal que vou desta para melhor com um raio em cheio na tola?!) e não me lembro de nada para ir desatar a fazer. 

Se calhar mereço falecer mesmo, de tão pouco interessante que sou. Ou então encasqueto na cabeça que estou com uma crise de meia idade e vai na volta é a menopausa a subir-me pelo corpo acima (até porque subir-me pelo corpo abaixo seria só esquisito) e vou fazer um chazinho de camomila e enrolar-me numa mantinha e continua a trovejar lá fora e estou com um pedacinho de cagunfa, ou aqui entre nós completamente borrada de medo, mas caramba, tenho 37-quase-38 anos no lombo, talvez fosse boa altura para parar de ter medo de trovões, e olha que ótima ideia, uma bela resolução para antes de bater a bota seria andar à chuva no meio de uma trovoada, isso sim é que era de coragem.

20 comentários:

  1. vais ter 38 anos de novembro a novembro, logo não quer dizer que morras daqui a 2 meses. podes morrer daqui a 6...
    :)
    lê sobre a reencarnação, assim sossegas... podes ser que reencarnes numa vibora, por exemplo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou reencarnar numa pomba e cagar-te na cabeça todo o santo dia.

      Eliminar
    2. Peço desculpa pela intromissão, mas adorei :D

      Eliminar
    3. Intromete-te à vontade, só não puxes por ela, que não bate bem da bola. Já eu, sou sãzinha da cabeça.

      Eliminar
    4. o meu tio faz canja de pombos....
      não és São.. és Boneca Maria de Deus

      Eliminar
    5. Pronto, desta vez vou deixar-te ter a última palavra. Ah, espera, continua a ser a minha. :D

      Eliminar
  2. Pois... parvoíce nunca te faltou!!! lol
    Erika pk não sou anónima! e já agora dá-me os parabéns!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se és a Erika que estou a pensar deixa lá que venha o diabo e escolha... ;) E parabéns!!!

      Eliminar
    2. sim tens razão...eh eh eh nunca fui certa das ideias!

      Eliminar
  3. Que animação que vai por aqui... Irra!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Anónimo, não pode ser sempre parvoíce. Mas hoje já passou, caso estivesse muitíssimo preocupado e aflito, como parece estar. Cá beijinho.

      Eliminar
    2. Estou bastante mais aliviada, Boneca Maria de Deus!!!
      Ufa....:P

      Eliminar
    3. Ainda bem, gosto que haja gente que se preocupa comigo. É fofinho!

      Eliminar
  4. Boneca... não querendo ser velhaca... a minha mãe também tinha um sonho que morria aos 42 anos, depois foi ao médico e detectaram-lhe um cancro no útero em avançado estado, mas já lá vão 17 anos e ainda cá está.
    Já pensaste ir ao médico???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Credo!!! Mas, sim, vou ao médico com regularidade.

      Eliminar
  5. tenho um part-time como astrologa e intérprete de sonhos, e digo:

    Sonhar que você morre em seu sonho simboliza mudanças internas, transformação, auto-descoberta e desenvolvimento positivo que está acontecendo dentro de você ou na sua vida. Você está passando por uma fase de transição e está tornando-se mais esclarecido.

    as mudanças internas serão ao nível do intestino, nomeadamente com a idade vem flatulência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É por essas e por outras que nós nos damos bem <3

      Eliminar
    2. esta noite sonhei que estava num hospital, uma colega minha era medica e marcou-me uma consulta de ginecologia. para isso tive de beber um liquido com uma espécie de algas e um peixe vivo lá dentro e enquanto esperava deram-me uma tarântula para brincar (lembro-,e de ter pedido uma cobra).
      significado:

      aranha: aranha passeando em seu próprio corpo e ter medo ou sobressaltos indica estar espicaçado em seus propósitos e arrependimento.
      Quem sonha com isso pode arriscar a sorte no bicho: porco
      contudo, sonhar com tarantula:
      Você deve cuidar de sua saúde. Procure um médico.
      Quem sonha com isso pode arriscar a sorte no bicho: avestruz

      hospital: Preocupações, aflições, relacionamentos com o estado de saúde de quem sonha.
      Quem sonha com isso pode arriscar a sorte no bicho: tigre

      peixes: Da mesma forma que outros símbolos aquáticos, está relacionado com a água, elemento símbolo da alma humana em seu universo.
      Quem sonha com isso pode arriscar a sorte no bicho: cachorro

      resumindo: estou confusa, muito mesmo - mas devo estar a morrer....
      agora não sei o que é arriscar a sorte no bixo....

      Eliminar
    3. Tu és é doida varrida.

      Eliminar