terça-feira, 7 de outubro de 2014

Mais outra mania parva no Facebook

Gostaria de dar início à presente dissertação procedendo a uma alegação prévia, que sintetiza todo o espírito das linhas subsequentes: 

"Não há cu para as modas de desafios do Facebook."

Pois que é isto. E se as há inócuas, umas até solidárias, outras porventura engraçadas, há as verdadeiramente irritantes, como aquela em que toda a gente desatava a pôr cenas como "no sofá", "contra a parede", "pendurada no candeeiro", para a malta pensar em badalhoquice e depois ia-se a ver e era a resposta à pergunta "Onde costumas guardar as chaves?" ou algo do género... Não. Há. Cu. E agora chega esta, de se desencantarem fotos deprimentes do baú e expô-las sem pudor. Alto lá, que agora já estamos a abusar!

Não me entendam mal: podeis envergonhar-vos à vontade com as fotos a preto e branco dos penteados imbecis que as vossas mães vos obrigavam a ter, na grande maioria das vezes até cortados por elas com a tesoura da costura enquanto vocês estavam enfiados dentro da banheira (não que isto se tenha passado comigo), agora quando me toca a mim, já o caso muda de figura. Para uma figura bem mais triste, pois com certeza.

Eu digo isto não porque seja um mulherão de gira agora, mas porque, oh meus amigos, que valente estafermo eu era em miúda. Credo, criatura mais sem piada e com ar totó, cabelo curto assim a modos que cortado à pedrada (mesmo quando não era Mãezinha ao volante da tesoura).

Portanto, como isto dos desafios acaba por calhar a todos (graças a Deus que me safei do ice bucket challenge, coisa que temi não fosse acontecer nestas férias, mas acho que os meus amiguinhos conhecem tão bem o meu mau feitio que souberam plantar-se mansos e não provocar o bicho), eis se não quando, ontem, uma amiga minha de infância se lembra de pespegar uma foto dessa altura no meu mural: assim de chofre, sem anestesia. E de fato de banho. Mas um fato de banho em que a parte de cima parava imediatamente antes dos mamilos. Porque mamas, nem vê-las (continuo sem as vislumbrar aos quase-38, mas isso são outros quinhentos). 

Foi ante a visão de moi, aos 10 (?) anos que percebi que me cresceu tudo menos o que eu realmente queria. OK, o cabelo cresceu graças a Deus, mas não nos detenhamos em pormenores. Ele foi rabo, coxas (oh se cresceram, era escusado tanto), ancas, mas o que realmente importava, nada!!!!! Catano, que fui brindada com borbulhas mal espremidas em toda a cara e, como se não bastasse, também na peitaça. A vida é injusta, só vos digo.

Se calhar não legendo isto.
 

17 comentários:

  1. Pois que para lá botei uma foto em que tinha 3 anos, usava um repuxo na cabeça e olhava para cima como se estivesse a adorar um santo coberto de gomas....
    E pronto, coloca-se assim em quase-bebé porque por mais horrível que fosse é sempre cutchi-cutchi e fofinho e cenas e assim. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também usei repuxo!! E canudos laterais, valhamedeus...

      Eliminar
    2. E também colocavas os ouros todos quando ias passear? ahahahahahah
      "Oh Zabel, anda cá..." e lá ia disto... ele era anéis, ele era pulseiras, ele era fios.... talvez por isso agora coloco um fio e lá anda ele até o perder, com os anéis passa-se o mesmo... isto se colocar, claro está!

      Eliminar
  2. Bem, nós não sabemos como a Dra Boneca é ao vivo e a cores, por isso tb não podemos comparar e dizer aquelas frases lindas, "ai, não mudaste nada!", "estás igual, carinha chapada da mãe!". :p

    Luísa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais gorda, mais feia, mais tudo. É assim que estou ;)

      Eliminar
  3. Mas o que conta é o estilo. Olha-me só essa perninha mais à frente! Atitude!
    E também não tenho paciência para isso das modas do facebook. Agora tudo serve para cravar jantares. Tenho conseguido escapar a tudo isso, mas se me apanharem nesta das fotos de petiz, espeto com uma foto de um espermatozóide. Nada mais dos primórdios!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa do espermatozóide já é velha.... já o fizeram... :P

      Eliminar
  4. Sexy morde a foca!

    Fátima Pereira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande gargalhada soltei eu agora!! (Eu usava "sexy mãe da foca", mas acho que vou adaptar!) :D

      Eliminar
  5. Gira que tu estás e morenaça!! Já eu qd ia á praia fazia reclame á lixívia. Tb eu usei assim o cabelo curto qd era mais novita. Tomei-lhe o gosto e continuo com cabelo curtinho.

    Tânia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cabelo curto, nunca mais. Acho que foi o trauma!

      Eliminar
  6. Fiiiii, fiiiiiuuuu!
    Que gira! :)
    (Percebes agora porque deixei de achar piada ao Facebook? :P)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu continuo a achar piada ao Facebook, excetuando estas trampas...

      Eliminar