segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Um fim de semana de m&rda

Aviso já aos mais sensiveizinhos que fujam daqui que isto vai cheirar mal. Literalmente.

Quem é mãe ou pai sabe que quando recebemos um telefonema da escola o coração para, não é verdade? Pois eu recebi um que me informava que Senhor Máinovo estava com uma bela diarreia (eu avisei). Chamo o 112, aka os avós, vão por favor buscar o rapaz e, já agora, levem o outro também que se não fica a queixar-se que o piqueno vai para Setúbal e ele fica a ver navios. Acontece que Mãezinha precisava de ir ao Fórum Montijo. E os netos quiseram ir brincar para o parque e toca de lhes fazer a vontade. Agora é fácil adivinhar o que aconteceu, não? Em pleno parque infantil do Fórum, um belo rasto de merda de filho bonecal, que se prolongou por umas dezenas de metros até ao parque de estacionamento, onde Avô diligentemente saca de um jerrican de água e lava o neto da cintura para baixo.
- Avô, por que é que estás a lavar o mano com óleo do carro? - pergunta o Máivelho intrigado, ante o espetáculo.

Eu, toda lampeira, tralala, não tenho filhos vou para o ginásio, recebo um telefonema "Socorro, o teu filho borrou-se todo até aos sapatos, anda cá ter connosco!" e lá tive de ir to the rescue. Cheguei ao estacionamento e deparo-me com Máinovo, com o ar mais descontraído e despudorado do mundo, pila de fora, "Mamã, foi sem querer, foi um acidente!"

Quem é mãe ou pai também sabe que quando uma cria está com problemas intestinais, toda a vida gira em torno disso. A dieta, os líquidos, as idas em sprint à casa de banho, tudo com um denominador comum: caca. Foi, portanto, um fim de semana de m&rda.

Valeu-me ter ido ver o filme que resultou de um dos meus livros preferidos, o Gone Girl de Gillian Flynn (em Português, "Em Parte Incerta"). Adorei, como seria, aliás, de esperar. Ide ver!

11 comentários:

  1. A maternidade é uma coisa linda :D Eu, que não sou mãe, já tive em mãos uma afilhada nessa situação num parque a 200m de casa. Só digo isto: ela quis ir ao colo até casa após lhe ter dado a esforrica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Dado a esforrica" é muito bom!!! Vou adotar, embora não faça a mínima ideia do que quer dizer. ;)

      Eliminar
    2. É um termo que o meu pai utiliza na quinta para os coelhos.eheh Esforrica = diarreia. Também gosto da expressão e uso muito. Faz-me rir!

      Eliminar
    3. Já me estou a ver a utilizá-lo ferozmente: "Homem, vai limpar o cu ao teu filho que se esforricou todo!"

      Eliminar
  2. ahahahah, o que eu me ri!!!
    Faz lembrar o meu sobrinho, a largar as fraldas e também de pila à mostra, a saltar tipo louco, porque toquei à campainha e a minha irmã abriu e só se ouvia o miúdo: "Mamã, é a titiiiiiii, é a titiiiiii"..... muito gostam estes fedelhos de andar de pila à mostra, ahahahahahhah

    ResponderEliminar
  3. Até me cheirou mal ao ler isto. Essas mãos foram bem lavadinhas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tenho por hábito lavar as mãos. Diz que seca a pele. ;)

      Eliminar
  4. Tenho uma prima que quando tinha 1 anito, houve uma altura em que fiquei a tomar conta dela.... pois que a miúda fez dos tornozelos aos sovacos....
    Isabel Maria como é pessoa acertada, ao tirar a fralda vê aquela imensidão toda e volta a colocar a fralda, despe a miúda, carrega-a até à banheira, coloca-a no fundo da banheira, tira-lhe a fralda e vai diz de chuveiro.... o stress foi mesmo que a água estava fria e era inverno e a miúda esticou-se um bocado, mas pronto... foi seca e vestida e não se constipou, looool

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E pronto. O treino já tu tens!

      Eliminar
    2. E se treino..... santíssima minha tia guardava sempre estes biscates lindos para a sua adorada sobrinha....

      Eliminar