quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

(Alguns) dramas femininos (poucos) (é que há muitos) (assim de repente foi destes que me lembrei) (mas é que há mesmo bué, chiça)

Serve o presente para fornecer aos poucos homens que não sentem nenhum tipo de comiseração pela espécie feminina uma espécie de cheat sheet, ou cábula, como preferirem, que lhes demonstre a complexidade destas criaturas que tanto têm de maravilhosas como de, vá, estronças. Elencarei carinhosamente as peculiaridades que, a meu ver, nos tornam únicas e singulares e, ocasionalmente, umas chatas. Mas sempre do mais fofo. Rogo-vos que imprimam esta lista e andem sempre com ela, como faziam com os preservativos quando eram mais miúdos, sim aqueles que passaram de prazo sem vocês nunca os terem usado.
Ora atentai:
- pelos encravados: só quem nunca os teve a habitar numa virilha desconhece o drama que isto é. A mulher que nunca passou noites sem dormir por causa de um sacaninha destes que não se sabe se se esprema se se arranque, que atire a primeira pinça! E bem sei que nos dias que correm isto não é exclusivo feminino, mas aqui invoco usucapião capilar: nós sofremos disto há mais tempo e acabou a conversa.
- TPM: não sei o que é, mas diz quem sabe que é lixado. A malta fica assim a modos que com ganas de devorar gomas, batatas fritas, encher a sogra de porrada, morder prateleiras e pontapear os tintins dos companheiros, quando estes não se solidarizam com este estado que surge imediatamente antes do período, às vezes estendendo-se um pouco depois. E também durante. E quando precisa de ser invocado, por exemplo, em alturas de necessidade de alarvanço de doces.
- o batom que se cola ao cabelo, sobretudo quando está vento: oh meus amigos, não consigo enfatizar esta problemática o suficiente! Uma pessoa a querer desfilar da rua e todo o glamour se perde com cabelos nhenhosos colados na boca e depois a gosma cola-se aos olhos e às bochechas e ao queixo e às tantas temos a cara toda gordurosa... e já perceberam, não? 
- pontas espigadas: NÃAAAAOOOOO!!! O drama, o horror!!!! É quase tão má a demanda pormenorizada por pontas espigadas quando o ato de catar piolhos, mas nós temos de o fazer. É mais forte do que nós.
- sapatos que aparentemente nos servem, mas que chinelam o dia todo, massacrando-nos os calcanhares e fazendo-nos encarnar na Dona Clotilde da praça, o que nos obriga a conter a vontade de desatar a gritar a quanto está o salmonete.
- borbulhas: homens de todómundo, atentai. Uma borbulha estrategicamente localizada nesta nossa cútis imaculada é caso para estragar toda uma vida, fará uma relação. Ignorem-na, mas assumam-na se falarmos nela. Sejam solidários, mas não em excesso, não de forma a que achemos que ela está muito visível. Se dissermos que sim, digam que não. Se dissermos que "não, pois não?", digam que sim, mas sem grande convicção. E logo a seguir digam que não. Que não se nota quase nada. Se o nosso lábio inferior começar a tremer, digam que quase-quase não se dá por ela. Porém, se um dos olhos começar a piscar, digam que sim, mas que somos lindas na mesma. Mas, se começar o olho a piscar e o lábio a tremer ao mesmo temo, FUJAM.

Espero que vos tenha sido útil. 
De nada.

8 comentários:

  1. Se fosse um dia por mês, vá... dois... aguentava-se bem... o pior é que... mais não digo!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. PSHIUCALE-SE!!! (estou naqueles dias.)

      Eliminar
  2. Boneca....
    Sabes que Ella é carniceira, pelo que pêlos encravados não dão stress...
    Sabes que Ella é solteirinha e boa moça, pelo que ninguém lhe atura o TPM que ela sabe que não tem...
    Sabes que Ella só se maquilha quando é para sair (o emprego não está incluído), pelo que não passa por muitos desses problemas...
    Sabes que Ella gosta muito do Espaço Chiado para cortar o cabelo, pelo que pontas espigadas não existem (e andar de tesoura em punho não faz o género dela)...
    Sabes que Ella mais depressa consegue comprar uns sapatos que lhe apertem os pés que uns que chinelem, pelo que não encarna a D. Clotilde da praça...
    Sabes que Ella, é carniceira, pelo que toda a santa borbulha é severamente espremida e regada com álcool, depois de ter sido banhada durante uma noite com Betadine...
    Boneca... aprende uma coisa querida, drama drama é faltar o chocolate, isso sim, é um drama a sério!!!!
    Ella

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me revejo em muitos dos dramas. Todos os dias. ;)

      Eliminar
    2. Sabes, não fosse o mau feitio que Ella tem enfiado até às entranhas e ela até que era a mulher perfeita... mas assim, como Ella é... eh pah... não dá.... (e estas reticências todas, também não ajudam nadinha, não é?) eheheheh

      Eliminar
  3. Somos seres estranhos mas lin-dos ^^

    ResponderEliminar