quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Gente com valentes pancadonas #12

Decidi introduzir uma inovação nesta rubrica que já é um clássico e que, para quem esteve este tempo todo debaixo de uma pedra e diz "uga-buga", consiste basicamente nas buscas chanfradas que pessoas que só podem ter valentes pancadonas fazem nos Googles e afins desta vida e vêm ter a esta casinha fofinha que só fala de flores cor de rosa, borboletas e as ocasionais pilas. Ou de como, com uma frase, já estou a arranjar mais lenha para me queimar, e mais malucos à procura de "pilas" cá virão ter. E escrevi outra vez a palavra pilas. E outra. Bumba, mais 374 malucos.

Agora perdi-me. Ah, já sei, a inovação: acrescentarei o link do post ao qual acho que o chalupa foi parar, num belíssimo exercício de adivinhação da minha parte. Incha, Maya.

Sem mais delongas, cá vai alho:

- sou uma má mãe: é triste imaginar o que leva uma pessoa a escrever isto num motor de busca. Mais triste ainda é imaginar que esta pessoa veio aqui ter e leu as parvoíces que escrevo sobre os miúdos. Poderá ter ido parar a este post ou a este (e a tantos mais na mesma onda...). Admito que haja posts que induzam nesse sentido, mas É TUDO GALHOFA, SIM, COMISSÃO DE PROTEÇÃO DE MENORES MÁI FOFINHA DE SUA BONECA! 
sapatos sevilhana crianca: mas queres saber onde se vendem, tens uns para venda, ou o quê? É que, tendo ido parar à minha crónica da NiT sobre o assunto, deves ter percebido que não percebo puto do assunto.
- faturas 2015: ui, então este. Ora bem, vou à procura de material sério para começar a tratar do IRS. Tralala, Google, nanana, ah, está aqui um blogue com um nome parecido com "contabilidade organizada". Vou ler. É que não faço puto de ideia onde esta criatura terá ido parar aqui na chafarica.
- quem adoça a boca do meu filho: são literalmente dezenas e dezenas de buscas semelhantes a esta todo o santo mês! Não compreendo porquê e francamente até tenho um pouco de medo de imaginar. Só sei que vão, de certezinha, parar aqui.
- porque elas querem ver as 50 sombras de grey: elas não sei, esta aqui foi porque está casada há 11 anos e queria mostrar ao marido que há homens que vão buscar a sua gaja de helicóptero. Esta é fácil: este post e este.
- bonecas antigas que tem periquita grande: ALTO LÁ, haja respeito, criatura badalhoca e sem pudor. Xô daqui. Resta-me a consolação do desgosto que tiveste ao ler este postezinho fofinho (que meteu poesia e tudo!e não achar a info (NOJENTA) que procuravas. Chega-te aqui, traz cá o ouvido. Isso. SEU PORCOOOOO!!! 
- insultos fofinhos: sim, há efetivamente uma pessoa que vem aqui todas as semanas à procura de insultos fofinhos. Ou então, ainda pior, há várias pessoas que buscam este tipo de insultos... já tentei ajudar no último GCVP #11, mas posso dar mais ideias, assim de repente lembro-me de "leitãozinho mái badocha de sua gaja", ou "filho de uma égua pestilenta porém jeitosão de sua cutxi-cutxi".
- bolo do Ruca: Meu Deus, o desgraçado que veio inocentemente parar aqui e lhe aparece o post em que eu relato a violação em grupo do careca cabeçudo, não quero nem imaginar... Ou melhor, quero, para me rir mais um bocado! Foi este aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário