quarta-feira, 18 de março de 2015

Diz-me como dispões o sushi no prato, dir-te-ei quem és

Dei por mim a observar a arrumação masculina em sede de buffet de sushi, que é como quem diz, a ver como os homens pespegam os rolinhos no prato. Cheguei à conclusão que provavelmente tal diz muito acerca da sua performance em sede de trungalhunguice.

Façamos um ranking destes bichos por categorias:
- Os que põem tudo ao molho e fé em Deus, juntando rolos crus com cozinhados: ora estas criaturas são as mais propensas à infidelidade e ao pular de galho em galho, os ordinários. Mimetizando o que fazem na vida, comem tudo o que lhes aparece no prato, indiscriminadamente. Não confiar nesta gente.
- Os que apenas comem hot rolls, aka aqueles rolos cozinhados (que, na prática, não é sushi coisíssima nenhuma): estes espécimes são os que fazem o amor de meias, porque acham que não há problema e que elas não vão notar, porque no fundo o que interessa é que as suas extremidades (tal como o estômago, que só suporta rolos morninhos) estejam aconchegadinhas.
- Os que comem por partes, ou seja, primeiro atacam os niguiris, depois voltam lá para os rolos simples, mais tarde os gunkan e assim sucessivamente: estes são os metódicos em sede de javardeira, que seguem um guião - começam por cima e acabam em baixo if you know what I mean - e nada de grandes cowboyadas.
- Os que dispõem as peças no prato de forma organizada: estes são os que, depois de se despirem, dobram a roupa bem dobradinha e a arrumam em cima de uma cadeira, dispondo as meias bem esticadas por cima dos sapatos. É giro de desbundar uma vez por outra, mas não são homens para relações duradouras, pois podem ser uns chatos obcecados. Não só com o sushi, mas também com a casa.
- Os que só comem salmão, porque é o único peixe que conseguem tolerar em cru: alerta gayzão!
- Os que não gostam de sushi: nem devia incluir esta gente que não merece viver numa categoria própria. Homem que não come pxungo cru (pun intended) nunca será bom pai de família. É fugir desta malta como o diabo da cruz.
- Finalmente a categoria que interessa, os que nos levam a comer sushi, os que não estranham que consigamos comer sushi todos os dias, que alinham se for preciso e que são sexy mesmo a manusear os pauzinhos, que, como toda a gente sabe, mal empunhados podem ser um valente turn-off. É imaginar um gostosão maravilhoso a comer de pauzinhos com elástico. Acho que não preciso de explicar mais. Então e como é o prato destes? Olhem, quando se apanha um cujo prato nem nos lembrámos de observar, de tão absortas que estávamos a olhar para ele, é agarrá-lo, e não o deixar fugir.

8 comentários:

  1. Hummmmm, Boneca a prestar serviço público!
    O último que passou por estas bandas dizia que o sushi lhe sabia a flores e que era incapaz de comer "aquela porcaria" e não entendia como Ella "comia daquilo como se não houvesse amanhã"... e indeed "é fugir desta malta como o diabo da cruz." :)

    ResponderEliminar
  2. Se come e gosta de sushi é bom partido, não sejas esquisita Boneca Maria!

    ResponderEliminar
  3. Opa nem sei onde se encaixa o meu.. Fico muito confusa LOL.. A esta hora da manhã é chato para mim :0

    ResponderEliminar