segunda-feira, 16 de março de 2015

Gente com valentes pancadonas #13

Todómundo sabe do que tratam estes posts, não é verdade? Bom, cá vai alho, mais buscas doidas que cá vieram parar:
- como lidar com filho adulto que tem mau feitio: não faço ideia, eu cá só sei como lidar com filho criança que tem mau-feitio. Sendo que Senhor meu Marido sabe como lidar com mulher adulta que tem mau-feitio. E Mãezinha sabe como lidar com filha adulta que tem mau-feitio. E assim sucessivamente. Terão ido ter a variados posts, até porque são tantos que criei uma etiqueta intitulada "mau-feitio". Exemplos: esta conversa parva comócatano, ou este post sobre os amores antigos, ou esta mensagem.
- saias travadas com feitio: com mau-feitio? É ali em cima. Poderá ter ido parar a este eu atraio maluquinhos.
acordar com um esticão: outro tema recorrente aqui neste consultório blogue e que me faz sentir acarinhada e acompanhada na desgraça que é levar valentes pantufadas no período a que temos constitucionalmente direito, o de descanso. Foram ter, seguramente, a este post. E o que aprenderam? Absolutamente nada.
- boneca futebol: bem sei que sou uma verdadeira sumidade na matéria, porque percebo de rankings de jogadores. Foram ter aos vários posts sobre o Mundial: os gostosos, os estafermos, os guedelhudos e os nomes estúpidos.
- regos das: das quê? É que agora fiquei morta de curiosidade sobre os regos a que este(a?) senhor(a?) queria ir ter. O post, esse é de caras (ou de cus, vá): regos do ass
- minha boneca e Benuron: ora na temática da administração de anti-piréticos a seres não vivos, tenho a dizer que me parece prudente que - tal como nos outros casos ditos mais corriqueiros - se siga a questão do peso. Uma boneca normal pesará aproximadamente 300 a 500 gramas, logo, 1/5 da seringa dispensadora talvez seja o ideal. Terão ido ter à minha carta de amor ao Ben-u-ron.
- panina alcochete: hã?
- frases do kizomba: ora cá vão: "Ewé!", "Foi muito pior que bala de canhão, de princesa a rainha do Jajão!", "Aiué waweeh/Aiué waweeh, acho que vou ficar maluco, acho que já tou maluco", "Um e um são três, podiam ser quatro ou cinco", "Tarraxo agressivo malandro maluco esquisito ta tipo que tamu a lutar". Está bom assim? De nada. Então, vá.

13 comentários:

  1. Desta vez as pancadas até não são assim tão grandes :P só pessoas com o azar (a sorte, muitaaa sorte :D) de vir parar aqui ao barraco!

    P.s. chuac!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, já houve bem pior. Mas não deixam de configurar patologias esquisitas! ;) Cá beijinho!

      Eliminar
  2. Não é "...de princesa a rainha do jajão"?! Acho que escreveu ao contrário...
    Sim é o meu primeiro comentário, ainda que seja um leitor assíduo! ����

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Eu não mereçooooo!" leitores tão atentos ;) Tem razão, já fui corrigir. Obrigada e bem-vindo à caixa de comentários, volte sempre!

      Eliminar
    2. Pronto ok, prometo não ser muito exigente! :P

      Eliminar
    3. Desde que apareça mais vezes! ;)

      Eliminar
  3. Eu volto, de certeza. Trate-me é por "tu", além de não gostar, sou muito novo para isso :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Combinado. E reparaste que também não me estás a tratar por tu, né? ;)

      Eliminar
    2. Reparar, reparei! Apenas pq tem idade para ser minha mãe, mas ja percebi que é suposto fazer o mesmo, certo? ;)

      Eliminar
    3. Bom, vamos lá fazer contas: presumindo que já tens 18 anos para andares a ler blogues, teria de te ter parido aos 20. Muito novinha, não?!

      Eliminar
    4. Os blogues são só para maiores de 18?! :o
      Tenho 16, talvez venha inaugurar uma nova faixa etária de leitores do blogue ;)

      Eliminar
    5. O meu eu achava que sim, mas já vi que estava redondamente enganada! Ainda assim, um filho aos 22 ... Naaaaa! Volta sempre, desde que te abstenhas de me chamar velha.

      Eliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar