quarta-feira, 15 de abril de 2015

Eu atraio maluquinhos #20

Numa loja de produtos naturais, Boneca Maria de Deus faz algumas perguntas à empregada. Senhora de ampla volumetria procede a abalroamento bonecal e interrompe a conversa com as suas próprias perguntas. A empregada, simpaticamente, diz-lhe que a atenderá quando acabar de me responder. Senhora de vasta volumetria e carregada de suplementos para emagrecer, diz que só quer saber as calorias de cada um dos 300 frascos que carrega. Não sem antes arrear uma traulitada com seu amplo traseiro em BMD, que com o impulso dá 2 passos para trás e - ainda que contra a sua natureza quezilenta - apenas diz:
- Ai a minha vida...
- AI A SUA VIDA? AI A SUA VIDA? Queria ver se tivesse a minha vida!!!! Não posso ter perguntas para fazer, é??!!! 

E desata a desfiar um rol de queixas e que não consegue emagrecer e que a vida é injusta e que as mulheres são umas desgraçadas porque são elas que têm os filhos e engordam e a eles não lhes acontece nada e ainda largam as mulheres quando estas já não lhes agradam e o diabo a sete. Por fim, decide parar o chorrilho de lamentos e remata com:
- Depois vêm estas gajas magras a queixar-se da vida! Um dia que tenhas filhos logo vês como elas te mordem!!!

Passou-me assim uma luz azul à frente da vista, mas respirei fundo e apenas ciciei: 
- Mas quem lhe disse a si que eu não tenho filhos?! ("sua badocha de merda" - era assim que gostaria de ter acabado a frase, mas não o fiz)
- Eu tenho dois!!! Dois!!! E nunca recuperei!
- Pois não recuperou mesmo, nem a figura nem o juízo.

E virei costas e deixei-a a falar sozinha. Mas em verdade vos digo, isto de tentar contrariar a nossa natureza abestalhada não tem piadinha nenhuma, e não proporciona fins jeitosos para posts. Devia ter-lhe chamado chanfrada descompensada, gorda chalupa, o que me viesse à cabeça. Assim fiquei frustrada, deveras irritada e como se não bastasse acabou o stock das minhas barritas de chocolate e tive de voltar para casa de mãos a abanar. Catano.

20 comentários:

  1. A gordura no cérebro faz destas coisas...

    ResponderEliminar
  2. Quando disseste "ai a minha vida", puseste as mãos na cintura????
    Aquela criatura de 3 anos que por vezes pára lá por casa e a quem Ella chama de sobrinho coloca, quando diz essa frase. Ehehehehehe
    (Olha, diz à senhora que as mulheres engordam mais que os homens por isso mesmo... por causa dos filhos. É tudo uma questão de genética!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nope, disse à laia de desabafo, depois de ter levado uma cuzada.

      Eliminar
    2. Se não foste projectada mais que dois passos não conta! :P

      Eliminar
    3. Quantos passos tem uma pessoa de ser projetada por um cu gigantesco para ser válido?

      Eliminar
    4. Tens pelo menos de atravessar o Tejo!

      Eliminar
    5. Pooooooorrrrrrrrraaaaaa

      Eliminar
  3. Ahahah! Adorei a parte do badocha de merda!
    Das poucas fotos que vi de ti pareceu me ver um corpão! De boazona claro!
    Não há pachorra para pessoas que passam o tempo a lamentar se, que querem milagres para emagrecer e ainda acham que a culpa é do ar que respiram!
    Carla

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pronto, já me afagaste o ego, já vou daqui satisfeita ;)

      Eliminar
  4. Olha que a resposta que deste foi muito melhor! ;)
    Pois eu, que já fui miúda "magra de merda", como sabes, que comia o que queria e não engordava, que achava (shame on me!) que as minhas amigas gorduchitas eram umas preguiçosas do pior, sou agora badocha. Mesmo. Mas não é por isso que digo que a culpa disso é do meu filho ou que tenho raiva a magras.
    Por isso, volto a dizer, respondeste muito bem: "nem a figura, nem o juízo!". :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A criatura chispava. Há para ali algo muito recalcado.

      Eliminar
  5. Barritas de chocolate...ai a minha vida!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E ENTÃO?! QUAL É O PROBLEMA??!

      Eliminar
  6. A brigada anti-magras a atacar. Sei o que isso é. Só nunca tive coragem de responder assim.
    Mas estou a visualizar a cena do abalroamento... Hehe
    Devias ter trazido as tuas barritas e ainda lhe ter oferecido uma para se consolar em casa ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim? Eu não estava era inspirada e armei-me em mole... enfim. Quanto às barritas, estão esgotadas.... sniiiif.

      Eliminar
  7. Boneca Maria, a isso se chama auto controlo, como eu não tenho nem nunca tive nada disso, infelizmente diga-se de passagem, só conseguiria mesmo terminar com sua gorda de merda! Cá beijinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A isto se chama moleza. Estou a ficar uma mole.

      Eliminar