quarta-feira, 22 de abril de 2015

Filho afinal também sofre

Disclaimer 1: às 23h as crianças cá de casa estão a dormir há mais ou menos 2 horas, no andar de cima, bem longe de onde os paizinhos deles estão.
Disclaimer 2: eu estava deveras danada. Assim a atirar para o muitíssimo.

Boneca - Por que car€&%0 estamos em 3G, hein? Filhos da ... do Meo, pá, é sempre a mesma mer&&&, mais o Wi-Fi e a ... da prima deles às costas. Fartinha desta piiiiiiiiii oh piiiiii mais o piiiiiii!!!

Estranhando o silêncio, viro-me para trás e vejo uma criança com um olho fechado, ar de pânico e um cantil de água vazio a olhar para mim:

- Eu só queria água, mas se calhar prefiro ficar com sede...

14 comentários:

  1. Oh pá tadinho... Em todo o caso parece cena de filme de comédia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em minha defesa - e pode ser difícil de acreditar - nunca digo asneiras ao pé dele.

      Eliminar
  2. Ontem também disse todo o rol de asneiras que sabia em alto e bom som. Quando parei, tocaram à campainha. Era o meu pai e a minha madrasta. Com os olhos muito abertos e a falarem mansinho "Então, está tudo bem?". Maravilha...já não se pode libertar stress, raiva e afins à vontade, pah!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É que até faz bem à pele, pá.

      Eliminar
  3. Pronto. Traumatizaste o puto... Nunca mais vai olhar para ti com os mesmos olhos... :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O puto é MEU filho. Queres mais traumatizante que isto?!

      Eliminar
    2. Pois... Tá bem visto. :)

      Eliminar
  4. Das duas, uma. Ou a criança fica traumatizada e não diz asneiras o resto da vida ou vai ser pior que tu....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pior que eu?? É um conceito que desconheço. Traumatizado? Ver resposta supra. ;)

      Eliminar
    2. Crrhm.... Pensando bem, não! ;)

      Eliminar
    3. Pois, era o que eu pensava.

      Eliminar
  5. pobre criança aterrorizada :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tivesse ficado a dormir, o sacana.

      Eliminar