terça-feira, 12 de maio de 2015

A criança mais forte do parque é ele

O Máinovo tem a mania que é forte, do alto dos seus 4 anos, não tendo noção que é um minorca que não impõe qualquer tipo de medo nem respeito. Passou-se o seguinte num parque público, onde existe uma área fechada em que o meu queria brincar, mas sem ter de ser incomodado por outras crianças. Assim sendo, dirigiu-se ao grupo de crianças mais velhas, subiu para cima de uma pedra e começou aos gritos e a gesticular:
"Saem já daqui!!! Já!! Porque eu tenho 4 anos e sou forte e tenho uma espada e mato-vos a todos!!! Eu sou a Águia do Fogo e faço uma magia e mato todos!! E chamo o meu amigo João Francisco! Saem jáaaaaa!!!!"

Os outros miúdos tiveram uma reação parecida aos animais quando um mosquito pequenino lhes pousa em cima, que foi, basicamente, não lhe ligaram, apenas o olhando com uma certa curiosidade, do tipo "Quem é este meia-dose aqui aos gritos...?". Não contente com o resultado, Máinovo volta à carga, gritando mais alto e brandindo mais os braços no ar:
"Vão-se embora!!! Porque eu tenho 4 anos e sou forte!!!"
"E eu tenho 6 e sou o mais alto da minha sala!", resolve dizer-lhe um.
"Não és nada!! Eu é que sou!! E vou fazer 5 anos!! E depois 6! E o meu pai tem 38 anos e é forte!!"
O outro, intrigado com a conversa, vai ter com o seu pai, pergunta-lhe quantos anos ele tem e regressa.
"E o meu tem 40!"

Resumindo, se não tivéssemos agarrado no meu tinha oferecido porrada a meio parque, ainda ensaiou uma canelada numas miúdas, e saiu a barafustar que enchia todos de pancada e os matava a todos. 

Francamente não sei a quem ele sai com este mau feitio.

12 comentários:

  1. Pahahahah, é assim mesmo, a impor respeitinho desde cedo!

    ResponderEliminar
  2. Ahahah nem imagino a quem sai mesmo, mãezinha bonecal parece ter tão bom feitio, cof cof :)
    Mas em relação a essa proeza, devo dizer que é cada dos meus, conta a minha mãe que eu tinha tanto a mania que era Rambo que as crianças que passavam em frente a minha casa enfardavam só por terem, vejam só, a ousadia de passarem num caminho público que eu achava que era meu :) ahaha mãe sofre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O QUE É QUE QUERES DIZER COM MAU FEITIO, HEIN??!!

      Eliminar
  3. Loool oh pah que fixe.. desculpem lá os educadores e pais e assim... mas adorava ter testemunhado tal proeza hihih

    ResponderEliminar
  4. Cat de Castromaio 13, 2015

    Esse teu máinovo nunca se vai deixar ser vitima daquela coisa que tanto anda praí. Continuando assim vai saber defender-se. Meu rico paizinho sempre me dizia "tu,minha filha, dedende-te sempre", e eu acatava bem as suas ordens. Nunca arriei em ninguem por iniciativa propria, agora se se metessem comigo metiam-se num belo sarilho... é por estas e por outras que em tempos ganhei a alcunha de rambinha :p eheheheh.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com esta idade tudo isto tem piada, mas no que depender de mim ele não fará isto a ninguém, como lamentavelmente está na ordem do dia...

      Eliminar
  5. Cat de Castromaio 13, 2015

    Sei que tudo nao depende da educacao dos pais, por mt bons que sejam às vezes nao hà forma de que os catraios sejam como esperamos,mas é um grande principio a bagagem que já levam de casa. E de tudo pelo que aqui escreves tu e sr. Teu marido nao permitirão nunca que tal aconteça. E o teu puto é doce, traquinas mas um doce ;). Eu sou contra a violencia totalmente, e na época era bem catraia, mas como disse, sempre foi unica e exclusivamente em defesa propria ;).

    Esta descansada que acho que o unico problema que vais ter vai ser a "fileira" de namoradas a querer tirar satisfaçoes :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um facto, é um docinho o meu pequeno estafermito ;)

      Eliminar
  6. Mas já não se comparam os tamanhos das pilas??? :o

    ResponderEliminar