quinta-feira, 16 de julho de 2015

Karma is a bitch ou de como eu vou para o Inferno

Que eu tenho um lote reservado em terras de Belzebu por ser ruim toda a gente sabe. Ainda assim, sinto que devo contextualizar mais uma prova disso. 

Corria o ano de sua graça 1986, Boneca Maria de Deus tinha, portanto, 10 anos, quando resolveu que queria mudar de modalidade (praticava aí umas 380 ao mesmo tempo) e foi para a rítmica desportiva. Entrei, vá-se lá saber por que golpe do destino, para uma turma onde a média de idades rondava os 7/8 anos e em que as miúdas já levavam uns anos valentes daquilo e eram bem mais proficientes. Relembro que nesta modalidade abundam as espargatas, acrobacias e outros exercícios de flexibilidade (como abrir as pernas e encostar a barriga e o peito ao chão) que não são fáceis e requerem bastante treino. Obviamente foram uns meses duros e demorei talvez meio ano até conseguir fazer tudo o que me era exigido.

Foram tempos difíceis, porque como colegas tinha criaturas irritantes e, arrisco, cruéis, que se moviam em matilha e desdenhavam da new kid on the block, que era maior (= mais trambolha aos olhos das franzinas) e não tão rápida na concretização. E embora tenha conseguido chegar ao mesmo patamar, nunca consegui integrar o grupo das melhores, muito pelo facto de me manter a mais alta e menos franzina (e se eu era lingrinhas...).

Serve este testamento para enquadrar o encontro com uma dessas némesis da minha infância, na sala de espera dos barcos (eu não digo que este local é mítico?!). Apenas vos digo que, enquanto lhe dizia o quão bom era revê-la ao fim de tantos anos, a única coisa em que pensava era "se naquela altura eu tivesse uma barriga do tamanho dessa que agora envergas, filha, tinha sido bem mais fácil e rápido encostá-la ao chão."

Eu não disse que vou para o Inferno? Mas neste caso, esta criatura vai garantidamente comigo.

8 comentários:

  1. Rui Leitãojulho 16, 2015

    Este texto entra diretamente no top!!!
    Ate doí de tanto rir :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :D (confesso que também me ri, mas foi quando vi a criatura)

      Eliminar
  2. LOL!!!! Tb tenho algumas assim...não as da ginástica rítmica, mas as boazonas lá da escola, que no ultimo encontro, tipo festarola dos 20 anos à americana, quando as vi até me ia caindo tudo! Eu que sempre fui rechonchuda, vá fofinha,e que muitas delas me gozavam por isso, vi à minha frente tipas com mais de 120 quilos! Incha!!! Literalmente! lol!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A repetir comigo, váláver: INCHEM PORCAS!!

      Eliminar
  3. Este foi o post em que tu, Boneca, puseste a malta a fazer contas para saber a tua idade, loool.
    Quanto ao facto de ires para o inferno... vá, tu vais, sabes bem que sim! (Mas a outra já lá está, tendo em conta a barriguita que enverga!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh mulher, andas distraída, pá, eu nunca escondi a minha idade, aliás, apregoo-a até de mais (no dia de anos wntão, já ninguém me pode ouvir/ler) :)

      Eliminar
  4. Mas também para que querias ir tu para o céu? Conheces lá alguém? Gostas de comida crua? Também já me aconteceu encontrar as boazonas da escola e agora não serem boazonas. Mas também já tive experiências ao contrário. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Arrisco dizer que 80% estão badochas e feias. Uma até dentes podres tem. Nem consigo ficar satisfeita, de tanta pena.

      Eliminar