segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Karma is a bitch

Nestas férias, houve uma altura em que esteve amuado comigo e decidiu, orgulhoso, não me pedir para lhe pôr creme nas costas*. Eu, ao vê-lo contorcer-se todo tipo chinês no circo para se auto-barrar, pensei para com os meus botões "raios me partam se te vou aí socorrer". Resultado: o que se previa. Sim sou uma esposa feia e má. E, sim, ainda não consegui parar de rir.

O gajo até nem fica mal de cor de rosa.

*Devo dizer que eu prezo muito a minha cútis e lhe tinha pedido, como sempre faço, para me pôr creme nas costas. E nem com este acenar de bandeira branca o gajo cedeu. Toma. Bumbas. Tufas. 

6 comentários:

  1. Conclusão: o orgulho não leva a lado algum :)

    www.pensamentoseepalavras.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou a teimosia. Ou a casmurrice ;)

      Eliminar
  2. Mas olha que fez um desenho engraçado xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu pelo menos achei muita graça!

      Eliminar
  3. Hahahahaha. Coitado! Viste o pobre a contorcer-se todo e não foste ajudar? Ainda bem. Senão não tinhas este post. :D
    (Senhor marido da Boneca, desculpa lá, mas eu tenho de zelar pelos nossos (dos leitores) interesses).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se precisasse, pedia. Não pediu, era porque não precisava. :P

      Eliminar