sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Guia das boas práticas nos transportes públicos

Quem é leitor assíduo do barraco sabe da minha relação de amor-ódio com o meu meio de transporte diário, o barco. Amor porque é palco das situações mais inusitadas, frequentemente aqui vertidas para nosso gáudio. Ódio por albergar espécimes cujo comportamento me dá vontade de varrer tudo à catanada torna a minha viagem menos agradável. Fiz uma compilação das situações que mais me f%dem os nervos aporrinham. Está aqui. Ide e leide. Lede. Lady.

19 comentários:

  1. Ui... eu também passava cada uma no autocarro x)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muita solidariedade deste lado, Estudante.

      Eliminar
  2. Cat de Castrosetembro 25, 2015

    Muñekita, traduz la o artigo para español ou catalao para espalhar aquí pelos metros!! :P Valha-me ao menos meu rico abanico que sempre dá para refrigerar um bocaduxito o arzinho junto ao nariz (tao junto q muitas vezes raspo o nariz com o abanico :P).
    Nao querendo arriscar muito, acho que aquí por estas bandas a diversidade de raças com cheiros peculiares é ainda maior, sendo tamaño verdete matinal que só visto (ou cheirado). Acredita que o sovacol tuga cheira a rosas :P :P :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Traduzo o título: "Guia de las buenas prácticas en los transpuertes piúbicos". De nada.

      Eliminar
    2. "Piúbicos"????
      HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

      Eliminar
    3. Estava a ver que ninguém notava, pá. Uma gaja aqui a tentar ser engraçada!

      Eliminar
    4. Cat de Castrosetembro 25, 2015

      Ahahahahahah =)))))) Traduz la o resto da mesma maneira, sai um verdadeiro tesourinho de certeza :P

      Eliminar
  3. Muito bom, só fiquei intrigado com o cheiro do ovo cozido; mas a que raio cheira ?
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh homem, vai já para casa cozer um ovo e depois vem cá dizer! (Pista: cheiro que começa por b)

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Obrigada, Salgalhada, bem-vinda à caixa de comentários deste humilde barraco!

      Eliminar
  5. Dou graças por não andar de transportes mas quando andava lembro me de outra relíquia: estar um calor dos diabos, os ACs existirem e não serem ligados só para o pessoal queimar umas caloriazinhas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A justificação no barco é que é para poupar gasóleo...

      Eliminar
  6. Olha, só por causa das cenas comprei uma scooter. Agora não há cá cheiros, não há cá bancos quentes, não há cá pessoas coladas... É só arzinho fresco da manhã para acordar. ;) Transportes públicos agora só quando chove.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não dá muito jeito para transportar crianças, sabe, minha senhora?

      Eliminar
    2. Pois não. Tens razão sim senhora! Mas para estacionar no centro do Porto é uma maravilha. :D

      Eliminar