quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Gente com valentes pancadonas #18

Embora lá então ao esmiuçamento da malta que, tralala, estava na sua vidinha a fazer buscas (chanfradas na sua maioria) e veio parar a este antro de estupidez e escatologia. Devo confessar que sinto alguma saudade dos tarados que cá vinham, só me sobram os ligeiramente tresloucados. Estarei a perder o encanto, Deus meu? Então, sem mais delongas, tivemos:

- boneca dos tormentos: não sei se esta pessoa se estava a referir a moi-même, se assim for, bem-vinda, comunga da opinião de Senhor meu Marido que acha que lhe atormento a vida e que sou a causa da bola de pêlos brancos que lhe assomou na barba desde há uns tempos. Se não era isso, xô daqui criatura estranha, que não quero nem saber o que pretendias com esta busca: retiro o que disse ali em cima, estava a brincar, não tenho nada saudade dos tarados.

- opiniões sobre valgomed: imagino aqui uma pessoa séria à procura de info adicional sobre um medicamento e vá-se lá saber por que carga de água vem parar aqui. E até entrou e tudo e veio ler um textozinho e tal. A doença de que padecia não há de ter melhorado, digo eu.
valgomed para joanetes: não contente, acha que ainda pode refinar mais a busca e, bumbas, lá cai aqui novamente de pára-quedas. Agora já a acho só parva. Mas depois tenho pena, porque joanetes não é fixe.
- vizinha que fica com molas roupa: mais uma vez relembro que isto são buscas que alguém faz no Google, senhores. Há uma pessoa que foi a um motor de busca pesquisar info sobre a vizinha que lhe pilfa as molas da roupa. "Tu queres ver que a cabrona me palmou outra vez as molas, pá? Vou já a um motor de pesquisa resolver o assunto. Bandida! Pulha!" Aqui entre nós, o que é certo é que os meus filhos são os maiores ladrões de molas de roupa do bairro. Cai no chão, é deles.
- quando uma mulher te olha de alto a baixo: esta busca é legítima, sim senhora. Veio parar a este post e já aprendeu que há muita solidariedade deste lado.
bimbe: Bimby? Bimba? Bimbo? Bumba?
- como mudar o meu feitio: eu não sei, o Google não sabe, paga a quem te explique.
- canção badalhoca água fria da ribeira: contem-me tudo que me estou a sentir info-excluída, ou melhor, badalhocó-excluída. Então há uma versão porcalhona desta música e eu não conheço? Só sei mesmo aquela da Abelha Maia com o Calimero, a do "Se tens pau toma lá o pau/Se não tens toma lá o meu, etc." e o "Heróis do sal/Nozes podres/Maçãs rainetas do meu quintal". Já vi que sou uma menina, eu.
- pensamentos estupidos da semana: tens tempo? Tira os sapatos, põe-te à vontade e lê para aí.
- gajas: hum... assim no geral? Tens de me dar mais com que trabalhar, pá. A mim e ao Google, que deve ter ficado com os algoritmos assados para te tentar satisfazer.
- ruca maluco: sim, efetivamente, se há boneco dado à maluqueira e ao deboche é o ruca, esse grande chanfradão, e descobriste isto, com certeza, se foste parar a este post.
- porque é que os rapazes a adormecer dão esticões: quando descobrires partilha, se leste este post percebeste que é coisa que me aporrinha e, inclusivamente, me aleija. Assim fisicamente.
- riscos na cabeça de Cristiano Ronaldo: diz que foi a Irina com um corta-relvas.
- a casinha da boineca: aaawwww, boineca. Sou eu quando uso boina, como sabias? <3
- a casinha da kizomba: é onde? Gostaria de lá ir abanar o pandeiro. E verificar se, também lá, o velho chato com Alzheimer não desiste e me convida pela 275ª vez para dançar. 

12 comentários:

  1. Estas buscas dão sempre tão bons textos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E purificam-me a alma. Há gente bem mais chalupa do que eu.

      Eliminar
  2. Eu conheço a versão badalhoca da água fria da ribeira, se é a que estou a pensar. Infelizmente decorei-a com uns 5 anos porque tinha um amigo que se divertia a cantá-la bem alto para grande infortúnio dos pais e da maior parte dos vizinhos (e dele, quando levou umas boas palmadas por isso).

    É tão badalhoca que estive uns belos anos sem sequer saber o que é que grande parte das palavras queriam dizer e não a transcrevo por razões óbvias :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas, mas, mas... então vens para o toque e foge?! E agora? O que é que eu faço?!

      Eliminar
    2. Só te digo que começa com "água fria do bidé..."

      Eliminar
    3. Ai o catano, vão obrigar-me a dar uma de GCVP e fazer eu a busca no Google?!

      Eliminar
  3. É mesmo muito badalhoca, Boneca. Não sei se ias querer uma coisa dessas na tua caixa de comentários. :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já vi, já vi! Graças ao 924 ali em baixo. Valha-me Deus que até me benzi.

      Eliminar
  4. É essa mesmo Isabel!
    Boneca, encontrei-a toda aqui: http://sktce.blogspot.pt/ do lado direito, a azul. Fiz eu de GCVP e agora tenho para sempre gravado nas buscas do google "Agua fria bide velha desdentada". Não tens de quê!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdadeiro serviço público! Achava eu que corava a cantar a "Se tens pau toma lá o pau... etc" ...

      Eliminar
    2. Por acaso andei à procura, mas não consegui encontrar. Já não me lembrava da letra toda também. Mas esta lá com todas as letrinhas sim senhor. :D

      Eliminar
    3. Não percebo porque nunca foi à Eurovisão.

      Eliminar