segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Da amizade

Diz que a amizade tem 3 níveis, como vertido na foto abaixo:


Com os meus amigos, arriscamos ainda um nível 4, o das designadas conversas de merda. É isso mesmo que estais a pensar: escatologia ao mais alto nível, muito cocó verbalmente ou aqueles cagalhõezinhos com ar simpático no WhatsApp.

No nível 1, que aqui entre nós só funciona quando o nível de inteligência o permite, há galhofa da boa. Partindo do princípio que não há nenhum jumento entre os nossos amigos que não entende uma frase do tipo "Oh que fofa, acabaste mesmo agora de acordar e nem viste o que fizeste com essa cara, pois não?" às 5 da tarde, conseguimos belos momentos de sarcasmo e ironia ininterruptos que quem esteja de longe a observar fica a achar "ora ali está um grupo de pessoas más, que se odeiam muito", quando, no fundo, ali há é muito amor, e do bom.

No nível 2 temos a parte menos subtil do nível 1, a que o apimenta e o transporta para uma categoria superior. Um "onde compraste essas calças não havia em tamanho de porca gorda pois não?" não seria o mesmo sem o insulto, mas o nível de amizade terá de ser bem estreito para que esta frase possa ser lançada sem nos arriscarmos a ficar sem dentes.

No nível 3, talvez o meu preferido, vem o humor sexual inapropriado. Mas há algum que seja apropriado, pergunto eu com estupefação?! Poderemos lançar um "Dr. Ferreira, passe para cá esse relatório que eu não o aleijo" numa reunião de trabalho sem sermos rotuladas de porquinha do escritório? Assim, entre amigos, é darmos, irmãos, asas à badalhoquice (ora observai um dos muitos exemplos aqui). Exemplo adicional: ide ao meu Instagram de dia 20/12. Botei uma foto de uma belíssima camisola natalícia, que estava a usar num jantar com uns amigos nível 4. Comentários imediatos ao mamaçal bonecal de nível 3 + sarcasmo de nível 1 (pois todómundo sabe que Boneca Maria de Deus é lamentavelmente desprovida de apêndices mamários). Para termos feito o pleno, só faltou um insulto, de que eles se abstiveram num claro espírito natalício. Ou porque já estávamos todos bêbedos com margaritas e ninguém se lembrou de juntar um "Oh porca!"

Nível 4, o da adenda: conversa não é conversa sem que meta caca. A escatologia é o sal da vida, e quem diz o contrário é uma poia. Ilustro uma conversa típica com amigos deste nível com fotos de uma interação nossa.

Se isto não é amizade, não sei o que será.
Reparem que há sempre um a fingir-se de
enjoadinho, mas no fundo é o mais porco.

E agora confessem: têm destes amigos? Chegam até que nível?

4 comentários:

  1. Cat de Castrodezembro 28, 2015

    A Cat emigra tem, os chamados amigos de toda a vida ;) e tb passamos por todos os niveis, e é tao bom ter amigos assim. Jantar q é jantar acaba sempre em conversa de m&rd@, literalmente :D
    Besito pa ti muñekita e feliz ano que ja tá aí mm à portinha *

    ResponderEliminar
  2. Ufa, pensei que fosse só eu e os meus amigos!
    Todas as nossas conversas às refeições vão dar a merda - literalmente - e nós almoçamos juntos quase todos os dias xD
    Mas não é só esse ponto que se confirma, são mesmo todos...

    ResponderEliminar