terça-feira, 29 de março de 2016

Ele

Ele é o meu companheiro de uma vida (14 anos é obra), criatura desembestada com a subtileza de um mamute e o romantismo de um ornitorrinco, que não sabe pentear os filhos nem combinar-lhes as meias com o resto da roupa, e que eu adoro daqui até aos planetas (expressão de Máinovo). Se há tampa para a minha panela, é dele. Se há Nutella para a minha panqueca é ele. Se há match para a minha estupidez... não, ele é mais ainda do que eu, benzódeus. Por isso não me imagino sem ele. E os gritos dele que ocupam quase tanto espaço quanto ele. E lá espaçoso é o gajo, gostosão pedaço de mau caminho venha cá que eu não o aleijo. Raça do homem que aos 39 está melhor do que quando eu o conheci aos... é fazer as contas. 

Ele faz anos hoje. Grande ordinário, que não liga nada ao aniversário. Já eu, ligo por mim, por ele, faço a festa, deito os foguetes, apanho as canas e ainda as vendo na feira. Ontem eram 0h01 e já eu tinha espetado uma vela num pão de Deus da Padaria Portuguesa (*faz o sinal da cruz*) - que se apagou três vezes no corredor, fazendo-me andar feita barata tonta para trás e para a frente e chegar 3 minutos atrasada - e cantava os parabéns em mute para não acordar os miúdos. 

Quanto às festividades propriamente ditas, que neste agregado familiar chiquérrimo costumam incluir fogo de artifício, resta-me contar que no domingo e ontem comi grão com mão de vaca e deixar o resto à imaginação.

16 comentários:

  1. Parabéns à organizadora das festas que não esqueceu o fogo de artifício! E by the way ao aniversariante igualmente. E coragem para os anos vindouros que as dificuldades de organização serào maiores!
    Mozi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É questão de comer mais grão.

      Eliminar
  2. Olha Lá: espetar a vela no pão de deus é o que eu estou a pensar?

    ResponderEliminar
  3. Pois então parabéns ao Boneco (pode ser boneco, ou isso era dares muitas confianças ao moço?)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A esse cognome o desgracado já se habituou ;)

      Eliminar
  4. Cat de Castromarço 29, 2016

    E é com declaraçoes destas (com fogo de artificio incluido e tudo) que uma 'psoa volta a acreditr que o amor sincero existe =)

    Ca besito na muñekita e parabens a seu esponjo ***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sincero, barulhento e muito badalhoco. Cá beijinho!

      Eliminar
  5. E com declarações assim, com a vela no pão de Deus à 0h01 e com foguetes é que se comemora decentemente um aniversário! Parabéns a ambos, vá, no fim do contas também fizeste a festa :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só não recebi prenda, o que está mal.

      Eliminar
  6. Parabéns ao homem!

    Bárbara, fã e leitora assídua!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Bárbara, e bem-vinda a esta humilde caixa de comentários!

      Eliminar
  7. Maravilhoso o humor! SOu exatamente assim e o meu orangotango é semelhante ao teu! :D
    Parabéns ao mamute!!! ahahahaha

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aaaaaw, é o nosso Badoca Park privativo!

      Eliminar