segunda-feira, 11 de abril de 2016

Pensamento de segunda-feira

Os torturadores japoneses que, por alturas do final da II Guerra Mundial, recorriam ao método de enfianço de canas de bambu por baixo das unhas apenas o faziam porque ninguém tinha ainda inventado a máquina de depilação a laser.

12 comentários:

  1. que exagero!!!! :P a depilacao a cera è que è uma tortura :O

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pshiucale-se, 1000 vezes a cera pá. Só não volto para não dar parte de fraca.

      Eliminar
  2. Concordo... aquilo dói pra caramba!

    ResponderEliminar
  3. Dói mesmo?? Mais que a cera?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Homem, venha o diabo e escolha. Só sei que aquilo é uma dor fininha comócatano.

      Eliminar
  4. Concordo. Ainda na sexta lá fui eu... no caminho já me estava a doer. Na minha opinião também acho que dói mais que a cera. A cera é um puxão, aí vai alho, e já está. O laser é mais tipo queima, pica, o diabo a sete.... fonix. Depilação indolor my ass

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No ass então é que não deve ser indolor, não... ;)

      Eliminar
  5. Eu fiz a luz pulsada há uns bons anos com dinheiro poupadinho por mim... Foi caro, muito doloroso (ao nível de ficar com queimaduras nas pernas e me dizerem que era normal) e não deu resultado (deu muito pouco, vá)! Fico à espera de um pouco mais de evolução x)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mulher, luz pulsada não tem nada a ver com laser. Também fiz e não resultou. Já este, é uma maravilha.

      Eliminar
  6. Boneca, dói um bocadinho, mas... à 3ª, vá, já não custa muito. Há pêlos que já não aparecem sequer.
    Vale a pena e é um descanso. Nem me lembro deles! A esteticista é que me lembra quando está na altura da manutenção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem sei, mas podiam dar-me anestesia geral e acordavam-me no fim.

      Eliminar