terça-feira, 23 de agosto de 2016

A aprender a falar

Já deu para perceber pelos diversos posts sobre Máinovo que a criaturinha fala como se fosse das Beiras, carregando nos ssss, transformando-os no som "ch" (sim passa a chim, sopa a chopa, etc.), o que, até há pouco tempo tinha imensa piada (aqui entre nós eu continuo a achar delicioso). Acontece que com 5 anos já está na altura de o corrigir, sob pena de chegar à primária a falar à bebé. 

Foi assim que Mãezinha assumiu como batalha para estas férias de verão em que teve de o aturar todos os dias pô-lo a falar "como um menino crescido". O rapaz não tem tido, portanto, um minuto de descanso, sendo corrigido sem dó nem piedade, processo que já está a dar frutos, benzádeus, progenitora máilinda de sua Boneca. Ele é que, com o excesso de informação, se vê forçado a, volta e meia, adaptar a conversa, pelo que agora, na sua douta e totó opinião, TODAS as palavras deverão ser corrigidas. Ou seja, altera todas as palavras, até as que estão corretas. Isto faz com que nos proporcione momentos bem catitas como "tenho fome, quero lançar" e, mais recentemente, um belíssimo "aço que eztou todo mizado!" após uma ida à casa de banho às escuras. 

É difícil ter 5 anos neste agregado familiar, carachas.

6 comentários:

  1. Ahaha :D vais ver que ele vai ficar com uma dicção perfeita ;)

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Óbvio, o gajo é um calão.

      Eliminar
    2. Boneca, não é só preguiça. A minha, com a mesma idade, "sofre" do mesmo mal. Faz terapia da fala (não só por causa disso, também pelos r, quando não são carregados como em cara, por exemplo), e a terapeuta e médico dizem que é normal, e só a partir de agora é que vale a pena corrigir, mas de forma pedagógica (?!?!?) que é dizer que não se percebeu para que voltem a dizer bem (dizer que não é assim e "obrigar" a dizer corretamente pelos vistos pode ter o efeito contrário...). E o maior problema é mesmo a escola e os colegas que podem gozar, porque até aos 7 anos (não havendo outros problemas, obviamente) isso é corrigido de forma espontânea por eles.
      E sim, também acho delicioso! A minha filha mais velha diz que quando a irmã já "souber falar" não vai ter piada!

      Eliminar
    3. O pediatra tinha-me dito que não era (ainda) motivo de preocupação e na sala dele havia uma série de outros miúdos na mesma situação. Para mim o pior é que ele está cada vez mais a deixar de ser o meu bebé... :(

      Eliminar