quarta-feira, 3 de agosto de 2016

E assim se passaram as férias #1

Pois que acabaram, em agosto há mais, mas houve de tudo e, na verdade, houve tempo para tudo. E, como é óbvio, mais tempo com os miúdos significa mais parvoíce saída daquelas bocas santas, cujos dias foram basicamente passados entre praia, piscina, iPad e Uno. Com toneladas de comida pelo meio, que isto é gente de muito sustento. 

Para memória futura ficam alguns pontos a reter:

- Não interessa que vá fazer 40 anos este ano. Mãezinha continua com frases como "Passa a colher à miúda!", ou "Diz à miúda para vir cá." A sorte é que não há netas, senão a confusão estaria instalada.
- Máivelho aparentemente conseguiu descontrair nas férias e entrar em modo zen, de tal forma que um dia que o pai estava em stress lhe disse, com uma calma que o desarmou, "Epá pai, para lá de gritar, precisas de uma aula de yoga para te acalmares! NAMASTE!"
- Máinovo continuou a refletir sobre a vida no geral e a fecundação no particular: "Mãe, na barriga de miúdas também nasçam cães?"
- E foi com estranheza que viu pela primeira vez um anão: "Aquele senhor parece um filho."
- Entretanto também tive a oportunidade de concluir que o mundo está perdido: vi-me forçada a pedir dinheiro emprestado a Máivelho para sair à noite. E ainda tive de ouvir "Vais para a kizomba, é? E estás a pensar voltar a que horas?"
- Máinovo chegou a fazer uma birra, chorando e gritando "VOU TER TAAAANTAAAAS SAUDADEEEEEES" não das férias, mas de uma caixa de sapatos velha onde ele guardava alguns bonecos, que decidi estar em boa altura de reciclar.
- Enquanto isso, Senhor meu Marido, amoroso, tentava tratar da contabilidade, envolto em toneladas de papéis, sentado em frente a uma ventoinha a girar em Mach 3. Efetivamente ficou tudo tratadinho, desconfio é que tenha demorado mais tempo do que o normal.
- Numa das vezes em que os levei para um provador de uma loja de fatos de banho, Máinovo colou nas costas de Máivelho um daqueles autocolantes higiénicos dos biquínis para evitar misturas de flora bacteriana genital. Nenhum de nós deu conta e Máivelho andou uma tarde inteira no centro comercial com aquilo preso à T-shirt. Quando deu conta, perguntou o que era, ao que o irmão lhe responde "É uma daquelas cenas do pipi das miúdas. Bela partida, hein?!"

Como não amar esta família?

2 comentários:

  1. Eu cá amo e, não sendo mulher com grandes instintos maternais, se tivesse filhos queria uns iguais aos teus. Abençoados. ❤️

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A que horas podes estar na estação de Campanhã para os receberes em teu regaço? Aceito em troca Sebastião José! ❤️

      Eliminar