terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Diário felino #1

Crescem a olhos vistos, pequenas bolas de pelo, pompons máilindos de sua proprietária. Ela continua com típico feitio de gaja, arisca, não dá confiança, só quando bem lhe apetece nos permite servir-lhe de cama. Já ele, é um gordo oferecido que liga o turbo (vulgo, ronrona) mal uma mão vai na direção dele para lhe passar a mão pelo pelame. Tenho gostado sobretudo de ver a relação com Máivelho e o sentido de responsabilidade deste com os bichos. Já Máinovo, esse continua a berrar "GATIIIIIINHOOOOOOS!!!" mal entra em casa, o que só faz com que os ditos desapareçam para debaixo do sofá. Aliás, mal o ouvem descer as escadas piram-se a alta velocidade. 

Mas o mais interessante de toda esta experiência é mesmo ver um marmanjo musculado a derreter-se qual gelatina com 3 dias de montra perante dois pequenos animais. "Oh bebés!", "Oh meus pequeninos!" e outras mariquices que tais foram frases que nunca pensei saíssem daquela boca machona. Está-me feito uma alforreca sentimentalóide, o PT.

Fica o registo:

O gajo quase não se vê, de tão escuro.
Máivelho rendido.
Senhor meu Marido rendido.
E eu, pois está claro. De notar os arranhões nesta cútis, outrora imaculada
e agora que mais parece a Faixa de Gaza.
E o que se dorme em conchinha por aqueles lados?!
Ou assim.
Ou então assim.
Ou ainda assim.

10 comentários:

  1. Nem imaginas como gosto disto! ❤️

    ResponderEliminar
  2. Que queridos pah! Dá vontade de os esborrachar, ao estilo velhota. E devo dizer que nas últimas duas fotos "ela" tem um ar muito fofo e mas muito assustador ao mesmo tempo. Não querendo alarmar acho que adoptaste um pequeno demónio ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahaha, ambos às vezes ficam a olhar para mim com aquele ar, como se estivessem a jogar ao sério, e confesso que eu desisto primeiro.

      Eliminar
  3. Que lindos! Que fofos! Se fosse vizinha tinha lata de bater à porta pelo menos uma vez por semana,a pedir qualquer coisinha emprestada, só para ver as criaturinhas. Era pessoa para arriscar um " Ah! tão fofinhos! Posso fazer um miminho?"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os meus vizinhos ainda não deram por eles, senão tenho ideia que haverá romaria :)

      Eliminar
  4. E como se chamam essas bolinhas de fofura?

    ResponderEliminar
  5. Coisas maiiiiiiiii lindas!!!
    Gostava tanto de ter uma gatinha da cor dela... Adoro esse tom de cinza.
    Volto a pedir: quando houver filhotes quero um.... AH e lamento informá-la mas no reino da bicheza as rebaldarias incestuosas são o pão nosso de cada dia, hehehehehe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qual filhote, qual catano. Vai ser esterilizados, que dois já me chegam.

      Eliminar