terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Bordas para 2017

Hordas de pessoas a telefonar, a mandar mails, sinais de fumo, a exigir, a suplicar, tudo porque ainda não me tinha debruçado sobre a edição de 2017 desse Grande Almanaque "contendo todos os dados astronómicos e religiosos e muitas indicações úteis de interesse geral" (e eu acrescentaria particular), o... *rufos de tambor*... BORDA D'ÁGUA (Bordas para os amigos íntimos, categoria em que me insiro). #hordasapedirobordas


Começo já por dizer que o bicho aumentou €0,10, o que é meio caminho andado para eu começar a cobrar a Paizinho (quem me encarrega desta tarefa anual, pseudo-agricultor que é) esta despesa. 

Ora vamos lá aos destaques de imprensa, sem mais delongas:
- Uma palavra de apreço para S. Fulgêncio de Ruspas, já nosso conhecido, mas cujo nome não consigo deixar de apreciar, de tão imbecil. O mesmo para a Santa Rafaela Maria e Santa Micaela. Se é para ser Santa, que mude o nome para algo menos comezinho ou a soar a pimbalhada. Não tarda, temos uma Santa Cátia Soraia, querem ver?! Botem os olhos no S. Turíbio de Mongrovejo, esse sim, com um nome digno;
- 11 de janeiro foi o Dia Internacional do Obrigado. Como já passou, podeis voltar a ser malcriadões e a não dizer nada quando alguém vos diz Santinho;
- No passado dia 19 deu-se a entrada do Sol em Aquário, o que deve ter esturricado todos os peixinhos que lá habitavam. Espero que pelo menos os tenham escalado antecipadamente, para ficarem máigostosos;
- Adoro a forma como o Bordas se balda às previsões meteorológicas: para dia 28 deste mês, "tempo incerto". Pimbas. Assim não há como falhar;
- Janeiro é mês de plantar pepino em cama quente. Ou de como o Almanaque está a ficar um safadão;
- Ah, também não se esqueçam de meter bacelo (não sei o que é, mas também soa badalhoco, por isso, metamos bacelo, à bruta);
- Em fevereiro não posso deixar de reter o Dia Mundial das Zonas Húmidas e abster-me de quaisquer outras considerações; 
- De assinalar o dia de S. Paulo Miki e Companheiros, uma espécie de "As Aventuras dos 5 na Galileia", ou de como se santifica tudo ao molho para se poupar no pergaminho e na cera vermelha;
- Não esqueçais a oração à Santa Escolástica (Virgem, acrescente-se, para quem ache que Santas rodadas é coisa do demo), uma vez que ela é "dispensadora da chuva". Pessoalmente, prefiro dispensadores de "sabonete líquido", mas não se pode ter tudo;
- Dia 11/2 - "tempo variável": aqui entre nós, os meteorologistas do Bordas andam a baldar-se que nem gente grande;
- Dia 18/2: entrada do Sol em Peixes. Caramba, não há maneira de pararem de grelhar os desgraçados?!
- Dias 27 e 28 são de rambóia da boa: o Dia Internacional do Urso Polar e o Dia do Engolidor de Espadas, dias para os quais não consigo ver outra finalidade que não perpetrar supimpa cowboyada!
-  Não esqueçais de proteger os pés-mães de crisântemos com palha miúda! A não ser que não queiram obter mais estacas, mas aí o problema já é vosso. Eu cá gosto bastante de obter mais estacas;
- Fugi das mulheres de março, amigos: são lindas, porém glutonas, têm formas arredondadas, mas mentem inconscientemente;
- Em abril, "cada pulga dá mil" e homenageia-se S. Crescêncio, que deve ser padroeiro dos suflês de camarão. Não me tem ajudado, que os meus mal saem do forno esbarrondam-se e ficam tipo barriga de octogenário;
- 5 de abril deveria ser feriado no meu agregado familiar, por ser o Dia Mundial da Higiene das Mãos, luta que travo numa base diária, infrutiferamente.
- São Pacómio, que presumo seja primo de S. Pacóvio, também é de abril, caso não soubessem.
- E dia 17? É o do aniversário de Máinovo? Nada disso, é o Dia do Iogurte (embora não especifique o sabor, coisa que para mim é fundamental, porque se for de limão, não festejo);
- O dia da entrada do Sol em Gémeos deixa-me angustiada. Entra por onde? E isso não aleija os meninos?
- Pausa para pregar umas galhetas virtuais na cara da criatura que escreve no Bordas e separa o sujeito do verbo à descarada: "As mulheres nascidas em maio são, formosas e bem proporcionadas..."
- A entrada do Sol em Caranguejo já me parece mais yammi. Primeiras para chupar as patinhas!
- Mulheres de outubro, vale a pena lerem: 
Grandes velhacas que vocês me saíram hein?
- Quereis estercar uma cova? É em outubro;
- Quereis estercar um pomar? É em novembro; 
- E destilar bagulho? Também;
- Fico triste por não ter dia para as minhas maleitas: apenas os portadores de alergias crónicas têm direito a um, em dezembro. Os portadores de alergias das outras, nicles, o que não é fixe, porque também possuem comichões e espirros;
- Oh suas armadonas de dezembro:
Ai que eu sou perfeita, ai que eu sou sensível
às homenagens. Pffff.

- Aquele velho conselho que nunca está fora de moda: "acarinhe o gado" em dezembro. Porrada no lombo nos outros meses, que é para o gado saber quem manda!
- O Almanaque termina com uma página inteirinha de elogios às minhocas, mas parei de ler ao dar com isto: "se não houvessem as minhocas";
- Atentai, por fim, no Juízo do Ano: 2017 será um ano de abundância e crescimento económico e social (yeah right...) e da busca eficaz de equilíbrio (ide, portanto, a correr fazer yoga e Body Balance. A modalidade Bum Bum Brasil também tem uma faixa de equilíbrio, caso as aulas holísticas vos saibam a pouco).

E é tudo. Até para o ano, queridos latifundiários e amantes de gado vacum!

Previsões anteriores aqui.

6 comentários:

  1. Depois de exaustiva pesquisa, venho por este meio ensinar-te que meter bacelo é... meter varas*!





    *de videira x)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Epá, então isso à bruta é capaz de aleijar!

      Eliminar
  2. Cat de Castrojaneiro 25, 2017

    Muñekita Maria de Dios, acabo de ver nas noticias q um houve um acidente num catamaran que fazia Barreiro terreiro do Paço e lembrei-me logo de ti. Tu estás bem?
    Ca besito da emigranta ***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (GLU GLU GLU)

      Agora fora de brincadeira, minha querida, obrigada pela preocupação, mas está tudo bem (eu venho nos barcos do Montijo). Cá beijinho!

      Eliminar
    2. Cat de Castrojaneiro 25, 2017

      Ahhhhh que bom, fico mais descansadinha por um lado, por outro nao porque dou conta que a minha geografia/nomes dos sitios continua a mesma desgraça de sempre :D

      Eliminar
    3. Não te preocupes, que há mais quem ache que do lado de lá é tudo igual ;)

      Eliminar