quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Diz-me quem és, que eu logo vejo como falo contigo

Caríssimos, a minha crónica desta semana na VISÃO online versa sobre uma condição de que padeço e que dá pelo nome de "capacidade extraordinária de adaptação sonsa e ocasionalmente contrariada ou mesmo interesseira do discurso ao interlocutor". Tenho a certeza que há muitos de vós daí desse lado que padecem do mesmo e fazem o designado mutatis mutandis à bruta. Quem nunca, hein? Ora ide lá aqui, a este link amoroso, com umas cores giríssimas, assim em degradé luminoso com subtons de ipsis verbis.

5 comentários:

  1. Só tenho isto a comentar: continue a escrever assim, com esta graça e sabendo usar tão bem a nossa língua. Há poucos blogues que possuam as duas qualidades. Já disse num post que temos o mesmo humor retorcido, adoro! ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, querida anónima (presumo que seja uma moça)!

      Eliminar
    2. Sou uma moça, sim senhora. :-) Tão bom encontrar alguém, apesar de não a conhecer pessoalmente, que se ria das mesmas "porcarias", que tenha um humor escatológico e ao mesmo tempo erudito. Tão bom, pá!

      Eliminar
    3. É o chamado humor de caca, tão salutar, porém merdoso. Quanto ao erudito, vou agarrar-me a esse adjetivo com unhas e dentes! :)

      Eliminar
    4. Dá-lhe, boneca!:-)

      Eliminar