quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Mãe sofre #108

Contexto: Máivelho passa a vida a azucrinar Máinovo, inclusivamente arreando-lhe a ocasional galheta e deixando-o marcado de nódoas negras.

Eu, já agastada - Tu às vezes bem que merecias que o teu irmão te desse um pontapé nas canelas!
Máinovo, percebendo o apoio - Tu merecias era que eu te desse um pontapé nos tomates!
Eu, contendo o riso, mas parecendo zangada - Onde é que tu ouviste isso?!
Máinovo, com o ar mais sonso do mundo - O meu amigo Salvador é que costuma dizer.
Eu, tentando ser pedagógica - E sabes onde é isso?
Máinovo, com ar blasé, aponta para o seu ombro esquerdo - É aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário