segunda-feira, 24 de julho de 2017

Lição de estilo abnegada e, como tal, absolutamente gratuita

Ora então cá vai alho: sabem aquelas blusas/camisas/whatever com buracos/áreas sem tecido/whatever nas costas? Vá lá ver, posso afiançar com alguma segurança que o seu objetivo será que se veja pele. De preferência sem borbulhas/peles mortas do sol e afins, mas há coisas que não conseguimos controlar. Agora, o que podemos efetivamente controlar é a ausência de soutiã. Ou seja, possui-se um buraco nas costas e aquilo que alguém acha que fica ali mesmo supimpamente bem é uma faixa de tecido - não raramente encardida se for alva - com colchetes? Fica elegantezinho, não é? E quando é de uma cor bem contrastante com o que está por cima, hein? Ou daqueles de plástico/silicone/whatever, que são tudo menos discretos? Bem giraço.

Dica: chama-se roupa "interior" por algum motivo, não por ser roupa que não se usa no litoral, tsá? Componham lá isso ou arranjem daqueles que se puxa mais para baixo, e vão ver aparecer de trás de uma moita o réshetégue #classe a piscar-vos o olho, gritando emocionado "Ai, minha rica filha, que ainda ontem me andava de Crocs na rua e agora já me consegue contrariar a possidonice!"

Cá beijinho.

Sem comentários:

Enviar um comentário