segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

...

A última vez que aqui vim estava a iniciar-se um processo bem doloroso. Decidi aqui vir agora que terminou. Espero eu que tenha terminado. Se calhar, se ficar aqui registado com palavras verdadeiras termina mesmo. Apetece-me escrever "Deus queira que sim", mas seria um pouco hipócrita da minha parte. Só falo com Ele quando preciso de favores, sou mesmo interesseira. Nos últimos meses pensei mais em fé do que na minha vida toda e tive a lata de pedir coisas que não mereço. Mas não eram para mim, e pode ser que assim me sejam concedidos os milhentos desejos que formulei.

Gostaria muito de voltar aqui ao pardieiro, sobretudo com aquele registo vosso conhecido. Caramba, já deixei passar tiradas brilhantes dos meus "Mái", que mereciam ser esculpidas em pedra. No outro dia dei por mim de Borda d'Água na mão a pensar que, noutra altura, percorrê-lo-ia a tirar notas para fazer aqueles textos de início de ano. Noutra altura, contei ao Compadre que me tinha caído uma pingona de água gigantesca na tola, que me varreu desde as pestanas até às marufas, tendo ele comentado que "noutros tempos isso daria motivo para um post". Enfim, como já percebi que efetivamente há quem vá estando por aí e até voltando a ver se algo se passa (e quem tenha mandado mails bem queridos!), resta-me comunicar-vos que não desisti disto. Só não estava mesmo com paciência nem vontade. Nem inspiração. Parecia-me uma traição ter o maldito cancro a corroer-me a família e eu a escrever parvoíces. 

Mas agora que se vê luz ao fundo do túnel, gostaria de agradecer as mensagens de todos, e sobretudo de dizer que conto voltar*. 

Cá beijinho.




* (ainda que esta porcaria deste Blogger me esteja a dar cabo dos nervos)

6 comentários:

  1. Fico muito feliz por si!!! Oxalá que sim, que tenha terminado de uma vez por todas, para que nos possa vir brindar com mais assiduidade. Beijinho carregadinho com muita fé.
    Leitora Madeirense

    ResponderEliminar
  2. Um grande beijinho e que tudo se resolva de feição, quando pensar em voltar (quando se resolver a tormenta) cá estaremos à sua espera!

    ResponderEliminar
  3. Estamos à tua espera. Ass: Aí cocó

    ResponderEliminar
  4. Que bom ter notícias tuas Boneca!!
    Beijinho
    Carla

    ResponderEliminar